Official website of the New England Patriots

Tom Brady não vai continuar a recorrer da suspensão de quatro jogos

ap_16419538361.jpg
(AP Photo/Michael Dwyer)

Embora Brady tenha decidido não recorrer mais, aceitando assim cumprir os quatro jogos de suspensão, o sindicato dos jogadores, a NFLPA, que tem representado Brady nos tribunais, poderá continuar com o caso.

"Depois de consideração e diálogo cuidadoso com o Tom Brady, a NFLPA não vai tentar requisitar a suspensão da execução da suspensão de quatro jogos ao Segundo Circuito," revelou a NFLPA em comunicado. "Esta decisão foi tomada para servir os interesses de Tom Brady na certeza e planeamento antes da temporada do New England Patriots. Vamos continuar a rever todas as nossas opções e reservamos os nossos direitos de requisitar uma opinião do Supremo Tribunal."

Ao que tudo indica, a NFLPA terá até Outubro para apresentar este último recurso.

A suspensão só entrará em vigor quando começarem os jogos oficiais, permitindo assim que Tom Brady esteja com a equipa e faça o estágio de pré - temporada que está prestes a começar.

No dia 11 de Setembro, quando falhar o primeiro jogo da temporada, contra o Arizona Cardinals, Tom Brady vai interromper uma série de 112 jogos consecutivos como titular dos Patriots. Segundo a Elias Sports Bureau, entidade que elabora o historial das equipas da NFL, Tom Brady, passa assim a ser o primeiro quarterback que teve na sua carreira duas séries de mais de 100 jogos consecutivos como titular.

Os outros três jogos serão em casa, no Gillette Stadium, frente a Miami Dolphins, Houston Texans e Buffalo Bills.

Na passada quarta-feira, e numa curta declaração, sem comentários, o Tribunal de Apelos do Segundo Circuito dos Estados Unidos, situado em Nova Iorque, decidira rejeitar o pedido de Tom Brady para rever a decisão que lhe impusera uma suspensão de quatro jogos devido ao seu alegado envolvimento no chamado caso 'Deflategate'.

Ao negar o recurso, o tribunal deixou muito poucas alternativas a Tom Brady. Segundo a maioria dos chamados peritos judiciais, se Tom Brady decidisse recorrer desta última decisão, num processo que já se arrasta há mais de 18 meses, o passo seguinte seria recorrer ao Tribunal Supremo dos Estados Unidos, onde iria requisitar a suspensão da execução dos quatro jogos de suspensão até à altura em que o Supremo Tribunal decidisse se vai ou não ouvir o caso.

Mas, escassos dois dias depois de ter conhecido a mais recente decisão do tribunal, Brady divulgou aos seus fãs que decidira não continuar a recorrer.

Eis a mensagem que Tom Brady escreveu no Facebook:

"Estou muito grato pelo avassalador apoio que tenho recebido do Sr. [Robert] Kraft, da família Kraft, do treinador [Bill] Belichick, dos outros treinadores e companheiros de equipa, da NFLPA, meus agentes, minha amada família e acima de tudo de vocês, os nossos fãs. Foram 18 meses de muitos desafios e eu tomei a difícil decisão de não continuar com o processo legal. Vou trabalhar arduamente para ser o melhor jogador que puder ser para o New England Patriots e estou ansioso pela oportunidade de voltar aos campos neste outono."

Sindicato ainda não tomou decisão final

ap_16419538361.jpg

Embora Brady tenha decidido não recorrer mais, aceitando assim cumprir os quatro jogos de suspensão, o sindicato dos jogadores, a NFLPA, que tem representado Brady nos tribunais, poderá continuar com o caso.

"Depois de consideração e diálogo cuidadoso com o Tom Brady, a NFLPA não vai tentar requisitar a suspensão da execução da suspensão de quatro jogos ao Segundo Circuito," revelou a NFLPA em comunicado. "Esta decisão foi tomada para servir os interesses de Tom Brady na certeza e planeamento antes da temporada do New England Patriots. Vamos continuar a rever todas as nossas opções e reservamos os nossos direitos de requisitar uma opinião do Supremo Tribunal."

Ao que tudo indica, a NFLPA terá até Outubro para apresentar este último recurso.

A suspensão só entrará em vigor quando começarem os jogos oficiais, permitindo assim que Tom Brady esteja com a equipa e faça o estágio de pré - temporada que está prestes a começar.

No dia 11 de Setembro, quando falhar o primeiro jogo da temporada, contra o Arizona Cardinals, Tom Brady vai interromper uma série de 112 jogos consecutivos como titular dos Patriots. Segundo a Elias Sports Bureau, entidade que elabora o historial das equipas da NFL, Tom Brady, passa assim a ser o primeiro quarterback que teve na sua carreira duas séries de mais de 100 jogos consecutivos como titular.

Os outros três jogos serão em casa, no Gillette Stadium, frente a Miami Dolphins, Houston Texans e Buffalo Bills.

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Advertising