Official website of the New England Patriots

Ana Paula Henkel, bicampeã mundial de vôlei, fala sobre sua paixão pelo Patriots

Ex-jogadora revelou que começou a torcer para o Pats por causa do técnico Bill Belichick.

Se você é um torcedor que acompanha as redes sociais enquanto assiste aos jogos, certamente já notou um nome célebre entre os fãs brasileiros do Patriots: Ana Paula Henkel. Contatada pela equipe do Patriots Português, ela gentilmente concordou em conceder uma entrevista e satisfazer nossa curiosidade sobre sua relação com o time.

Com uma medalha de bronze olímpica e dois títulos mundiais, a ex-jogadora de vôlei mora em Los Angeles, Estados Unidos, desde 2009, e cursa arquitetura na Universidade da Califórnia. Mas sua paixão pelo Pats começou muito antes de sua mudança para a terra do Tio Sam.

anapaulavolei.jpg

"Aos 15 anos fui ao EUA pela primeira vez e comprei um boné que achei bonito. Depois de um tempo, descobri que era do Red Sox. Virou uma peça de estimação e então, aos 19 anos, comecei a prestar mais atenção no esporte e a pesquisar os outros times de Boston", lembrou Ana Paula. A "descoberta" do time de futebol americano de New England aconteceu há cerca de quinze anos. "Vi uma entrevista do Bill Belichick e achei fantástico, fui buscar informações sobre ele e decidi torcer pelo Patriots. Uma das coisas da minha lista de objetivos da vida é conhecer o técnico", explicou.

O estilo de atuação profissional encantou a brasileira, que admira sua forma de trabalhar como mentor, que envolve todo o time e é um líder exemplar. "Tive técnicos assim na vida, que me marcaram não só profissionalmente, me ensinaram lições para a vida", reforçou. Uma das características que ela aprecia no time e em Belichick é o alinhamento, fruto de uma liderança forte e de uma equipe com vários bons jogadores mas onde nenhum age como estrela.

"Tem muita gente que acha que gosto do time por causa do Tom Brady, mas mal sabem a história", enfatizou. Em dezembro, Ana Paula viajará com o marido até Foxboro para acompanhar o jogo contra o Rams. Será sua primeira experiência no Gillette Stadium, "ao vivo".

Além da diversão nos momentos de folga, a torcida pelo Patriots também carrega significado no aspecto profissional. "Se olhar as páginas que deram certo no livro da minha vida, posso ver que são as que escrevi seguindo a cartilha do Belichick e do Patriots. O que deu certo pra mim como esportista me aproxima deles, é a cartilha da estrutura do time. Para quem é atleta profissional, o futebol americano é como um jogo de xadrez, é tão fantástico estrategicamente, que é viciante", analisou.

Para finalizar, Ana Paula mandou uma mensagem para quem estiver na etapa de escolher uma equipe de futebol americano: "Com o Patriots, você vai torcer pro time que tem, na minha visão, o melhor técnico da atualidade. A chance de você se frustrar diminui bastante. O senso de equipe também pesa. Há uma sincronia. Seguir a equipe te dá uma base sólida que você constrói pra sua vida. Mando até entrevistas do Bill pro meu filho, porque vai além do esporte. É um time coeso, onde podem mudar as peças, mas o time continua sendo o time, com a liderança de um bom técnico".

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.
Advertising

Latest News

Presented by
Advertising

Trending Video

Advertising

In Case You Missed It

Presented by
Advertising