Official website of the New England Patriots

replay
Patriots Replay Fri May 29 | 12:00 AM - 11:58 PM

Bill Belichick Usa "Derrota Repugnante" Do Ano Passado Para Motivar Jogadores Para Domingo

O treinador Bill Belichick abriu uma das conferências de imprensa de quarta-feira com uma referência direta ao jogo do passado mês de Janeiro, no qual os Patriots perderam, 20-10, em Miami, frente aos Dolphins, uma derrota que impediu a sua equipa de ter a vantagem de disputar em casa todos os jogos dos play-offs.

20160914_belichick_press_cf2.jpg

"Eles [Miami] têm algumas caras novas, mas eu diria que a coisa que mais está gravada na minha memória, e eu tenho a certeza que [está também na memória] da nossa equipa, é a última vez que fomos lá, foi um dia muito difícil para nós. Se não fosse o James White a quebrar um tackle nós mal teríamos chegado às 100 jardas no ataque, não conseguimos jogar à defesa, realmente não conseguimos fazer nada," disse Belichick.

Na realidade os Patriots sentiram imensas dificuldades no ataque, com Tom Brady a ter o seu pior desempenho da temporada, completando apenas 12 de 21 passes para 134 jardas e zero touchdowns, a única vez que isso aconteceu durante toda a época. E 68 dessas jardas vieram na tal jogada de James White mencionada por Belichick. 

Os Patriots entraram no jogo com 17 corridas nas primeiras 19 jogadas, e Steven Jackson conseguiu apenas 35 jardas em 14 corridas, enquanto o ataque de Miami acumulou 438.

Com esse jogo ainda bem fresco na sua memória, Bill Belichick, mal acabou o jogo no Arizona, começou logo a trabalhar a preparação para a estreia em casa, no domingo.

"Sim, nós vimos o jogo do Arizona no voo de regresso a casa e mudámos logo para Miami," revelou o quarterback Jimmy Garoppolo. "Não se dormiu muito, mas é isso que é necessário fazer quando fazemos viagens assim tão longas."

Quando um jornalista lhe perguntou se Miami tem melhor equipa do que no ano passado, Belichick respondeu rapidamente que "eles já eram muito bons a última vez que jogamos contra eles. Não conseguimos realmente fazer muito no nosso jogo final [da temporada regular] no ano passado contra eles. É uma equipa que acrescentou muita força atlética…acrescentou muito talento de qualidade, na linha defensiva, jogadores na secundária, linebackers, jogadores na linha ofensiva, running backs... por isso é uma equipa de football que é boa, talentosa."

c4aa9c4450674ffb81e48420f50c1776.jpg

No jogo de Janeiro, o quarterback Ryan Tannehill fez exibição impressionante, totalizando 350 jardas e dois touchdowns, pelo que os jornalistas quiseram saber se o treinador dos Patriots considerava que Tannehill tinha melhorado.

"Desde que ele deu cabo de nós o ano passado? Quer dizer, ele esteve muito bem," respondeu Bill Belichick. "Ele é um bom quarterback. Ele é inteligente, lida bem com o ataque, e certamente assume o controle das coisas na linha de scrimmage, como temos visto os quarterbacks fazer nos ataques do treinador Gase."

Quando um dos jornalistas sugeriu que parte do problema o ano passado terá sido a estratégia utilizada, Belichick relembrou que "nós abordamos cada jogo de forma diferente. Quero dizer que temos jogadores diferentes, eles têm jogadores diferentes, eles têm treinadores diferentes. Obviamente vai ser diferente. Cada jogo vai ser diferente." 

E se alguém pensa que vai ser difícil estar focado este domingo, depois do entusiasmo e as emoções vividas com a importante vitória sobre os Cardinals, Belichick sugere que "tudo o que tu tens que fazer é ver o nosso jogo contra Miami no ano passado. É repugnante. Sim, não demora muito [para recuperar a concentração]. Não sei se você teve a oportunidade de ver. Não foi muito bom; mau [desempenho do] treinador, mal jogado, mau, ponto final."

A concluir, perguntaram-lhe o que pensava da sua defesa, e Belichick respondeu de forma cáustica: "não faço ideia. Só fizemos um jogo; temos um longo caminho a percorrer para ver como esta equipa joga e como cada grupo desempenha o seu trabalho."

Jogadores já receberam a 'mensagem'

Jimmy Garoppolo começou por dizer que já viu a filmagem do jogo da época passada.

"Fizemos o nosso trabalho de casa sobre eles e estamos em andamento esta semana," disse Garappolo.

"[No ano passado] eles entraram em campo e fizeram um bom jogo. Criaram-nos alguns problemas e há algumas coisas que temos de esclarecer."

Danny Amendola 091416 3u5a2685.jpg

"Eles [Miami] movimentaram bem a bola, fizeram jogadas. Não conseguimos fazer muitas jogadas," recordou o safety Devin McCourty. "Sabemos, por jogarmos contra eles todos os anos, que vai ser um jogo difícil do princípio ao fim".

"Sim... foi uma má sensação, ao sair do estádio. É algo de que me vou sempre lembrar," acrescentou o wide receiver Danny Amendola. "Vamos tentar não repetir isso. Está tudo na preparação.

"Estamos focados nesta semana. Vamos jogar contra uma boa equipa em Miami. Vai haver muita preparação esta semana. Estamos ansiosos por isso."

A concluir, McCourty relembrou que "não há ninguém melhor a virar a página para o próximo jogo do que Bill [Belichick]. 'Isso é uma das coisas boas sobre esta equipa. Nós seguimos o exemplo dele... Quando ele vira a página, só fala sobre isso, portanto a única coisa de que temos falado é sobre Miami."

Este é o primeiro de três jogos seguidos em casa. Depois de Miami seguem-se o Houston Texans e o Buffalo Bills.

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Advertising