Official website of the New England Patriots

Com mais dois turnovers, a defesa tornou a ajudar o ataque

Pela primeira vez desde 2003, a defesa do New England Patriots foi a menos batida na NFL, permitindo aos adversários uma média de apenas 15,6 pontos por jogo.

Depois duma fase de menor acerto, as exibições nas últimas seis semanas sugerem que este grupo poderá ter papel importante na luta pelo título. Os seus detratores haviam sugerido que as estatísticas eram favoráveis porque os adversários mais recentes tinham dos piores ataques da liga. Mas, Miami foi uma das seis equipas que conseguiu o apuramento para os play-offs na AFC, pelo que esse argumento não tem grande validade em relação a este jogo.

A subida de forma nos últimos seis jogos tem resultado num aumento drástico no número de turnovers. Na realidade nos primeiros 10 jogos, a defesa dos Patriots conseguiu apenas nove turnovers, mas nos seis jogos finais acrescentou mais 14, e neste encontro os dois, uma interceção por Logan Ryane um fumble recuperado por Shea McClellin resultaram em 11 pontos registados pelo ataque.  

e1c4f847cce54e9e985e7cf63fee693b.jpg

Quando instado a comentar os dois turnovers, o treinador Bill Belichick salientou que a sua defesa tem "perseguido a bola imenso, tivemos uma outra que retirámos mas não conseguimos recuperar. Eles têm perseguido a bola, e temos tido mais oportunidades, temos mais jogadores a perseguir a bola. Por isso parece que temos conseguidos mais. O Logan [Ryan] fez uma boa interceção. Temos que continuar a perseguir a bola, o que temos feito toda a temporada, temos que o continuar a fazer."

"É emocionante ver a rapaziada retirar a bola e conseguir dar ao ataque uma distância curta para percorrer," acrescentou o defensive lineman Alan Branch. "Ficamos entusiasmados e procuramos fazê-lo. Tem sido um ponto de ênfase diariamente durante os treinos, e ao que parece os hábitos dos treinos estão a estender-se aos jogos."

Por sua vez, Tom Brady reconheceu que a defesa está realmente a subir de rendimento e que o ataque tem beneficiado disso.

"É ótimo, eles têm vindo a fazer isso imensas vezes nas últimas quatro ou cinco semanas, têm conseguido imensos turnovers, deixam-nos em excelente posição no terreno, e isso vai ser decisivo nas próximas semanas," disse Brady. "Nós temos feito um bom trabalho esta temporada a proteger a bola. Quando entrarmos no 'mata-mata' vai ser decidido dessa forma, vai depender da posse de bola, posse de bola e marcação de pontos, tirar proveito das oportunidades para marcar. Hoje fizemos um bom trabalho com isso quando recebemos a bola da nossa defesa, descemos no campo com a bola, marcámos alguns pontos e isso vai ser muito importante nas próximas semanas."

A interceção de Logan Ryan surgiu a 3:14 do final do período e numa altura em que os Patriots já venciam por 14-0. Pressionado, o quarterback Matt Moore tentou um passe para o tight end Dion Sims, mas Ryan leu bem o lance e antecipou-se.

"Estou satisfeito por ter conseguido uma [interceção], e estou pronto para conseguir mais algumas nos playoffs," disse Logan Ryan.

*FUMBLE  *RECUPERADO POR SHEA MC CLELLIN RESULTA EM 8 PONTOS  

Se a interceção surgiu numa altura em que os Patriots estavam a controlar o jogo, a recuperação do fumble ocorreu numa fase muito mais crítica e teve um impacto muito superior no resultado final. Foi aos 8:55 do último período, numa altura em que os Patriots estavam a vencer por 27-14. O ataque dos Dolphins levou a bola até à linha de 11 jardas dos Patriots e estava portanto à porta de conseguir um touchdown que iria reduzir a sua vantagem para apenas seis pontos, com mais de oito minutos por jogar.

262a85b1d9934cae9b86b7214af8a071.jpg

Matt Moore encontrou Damien Williams, que recebeu o passe e tentou rodopiar para evitar um defensor dos Patriots. Mas, Williams não viu Devin McCourty, e o capitão da defesa de New England socou a bola, que caiu no terreno e foi apanhada por Shea McClellin. De imediato este arrancou em direção à end zone da casa, acabando por ser apanhado na linha de 18 jardas de Miami.

Este fumble foi o mais longo da história dos Patriots, pois Shea McClellinavançou com ele 69 jardas, superando a anterior marca que fora estabelecida por Richard Seymour a 3 de Outubro de 2003.

"Eu estava a fazer cobertura na parte mais recuada," explicou McClellin, "e o Dev [Devin McCourty] adiantou-se e fez uma grande jogada ao provocar o fumble. Eu estava no lugar certo. Tentei apanhar a bola e marcar. Eu não marquei, mas fiz o que pude."

Cinco jogadas depois, o touchdown de LeGarrette Blount**e a conversão de dois pontos por Julian Edelman encerraram a contagem, 35-14.

Devin McCourty confirmou que a defesa tem passado bastante tempo a falar sobre a necessidade de criar turnovers devido ao impacto que estes lances têm no desenrolar do jogo.

"Há alturas em que estamos a defender um drive longo, o ataque [adversário] está a completar algumas jogadas. Se nós conseguirmos um turnover na ponta final daquele drive, muda tudo," explicou McCourty. "Hoje tivemos duas oportunidades. O fumble que o Shea(McClellin) recuperou e depois o Malcolm (Butler) forçou um* fumble* que se nós tivéssemos conseguido recuperar, teria sido enorme para nós. Eles completaram algumas jogadas, mas quando se consegue sair do campo devido a um turnover, o jogo muda."

E esso impacto foi reconhecido pelos adversários.

"Temos que parar de dar tiros nos nossos próprios pés," lamentou Branden Albert, tackle dos Dolphins. "Foi  o problema principal que tivemos hoje. Tivemos turnovers. Não se pode fazer isso contra essa equipa [Patriots]. Todos sabiam disso. Agora vamos para os playoffs. Todos precisam de se concentrar e se perdermos outro jogo, ficamos de fora para o resto da temporada. Por isso precisamos de nos focarmos no que é preciso, nas muitas coisas pequenas. Não nos podemos derrotar a nós próprios."

Um dos motivos que permitiu à secundária tomar alguns riscos foi a forma como defenderam o jogo corrido de Miami. O running back Jay Ajayi tem sido muito perigoso, já conseguiu mais do que 200 jardas num jogo em três ocasiões, mas frente aos Patriots foi limitado a 29 jardas em 8 corridas.

FOI IMPORTANTE SER A DEFESA MENOS BATIDA

Em conclusão, ser a defesa menos batida da NFL foi um marco muito importante para os Patriots.

"É algo de que nós estávamos conscientes, sem dúvidas," confirmou Logan Ryan. "Não vou mentir. Nós queríamos isso. Sentíamos que nos abusavam constantemente. Duvidaram de nós o ano inteiro. Então para um grupo que não tem muitos grandes jogadores e permitiu muitas jardas no jogo aéreo e não criou turnovers em número suficiente, ser a defesa menos batida dos últimos quatro anos, acho que fala por si."

5f6ff0acc0374a46b0507d88800be7a5.jpg

"Significa muito," acrescentou Alan Branch. "Trabalhamos arduamente para tentar aperfeiçoar o nosso jogo e nós definitivamente temos algumas coisas que precisamos consertar. Mas saber que estamos a jogar muito bem no lado defensivo, pois geralmente esta é uma equipa ofensiva, é muito especial."

A forma como a equipa respondeu nesta ponta final deixou bem claro que estamos perante um grupo muito determinado.

"Esta é uma equipa muito forte física e mentalmente, sem dúvida," disse Bill Belichick no domingo.  

E agora há que esperar para saber quem será o primeiro adversário nos play-offs. Mas, ninguém vai tirar o pé do acelerador.

"Os nossos treinadores fazem um excelente trabalho a mentalizar-nos quando ganhamos, dizem-nos 'esqueçam a semana passada, esse jogo já lá vai, temos que seguir em frente e aprender com ele e pegar nas coisas que nos ajudaram a ganhar e melhorar essas coisas, senão vamos perder.' É bom não ter que aprender com as derrotas," avisou Tom Brady.

A fórmula para o sucesso é simples.

"Continuar a trabalhar," revelou Bill Belichick. "Simplesmente continuar a melhorar. Há muitas coisas que ainda podemos melhorar. Vamos trabalhar em alguns delas esta semana, depois vamos saber contra quem jogamos, e então vamos começar a preparar-nos para qualquer que seja a equipa. Temos uma boa oportunidade para trabalhar em algumas coisas, melhorar algumas coisas que precisamos de melhorar. Vamos tentar usar este tempo produtivamente para conseguir isso."

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Advertising