Official website of the New England Patriots

replay
Patriots Replay Tue Jun 02 | 02:00 PM - 11:59 PM

Como foi a recuperação frente a Cincinnati

Tudo começou da melhor forma. Como sempre casa cheia, mas desta feita com muito mais entusiasmo devido ao fato de ser o primeiro jogo de Tom Brady no Gillette Stadium na temporada em curso.

Dentro do campo, os Patriots marcaram primeiro e estiveram a vencer por 3-0 até à ponta final da primeira parte, mas com a passagem do tempo o ataque foi perdendo fulgor. A questão é tentar perceber o que é que terá acontecido para provocar esta quebra acentuada no rendimento do ataque do New England Patriots.

Para o wide receiver Julian Edelman "sempre que tu cometes faltas e és penalizado é difícil superar. [As faltas] matam o drive." 

Ora, se as coisas não estavam a correr bem na primeira parte, pois a equipa só conseguir ir para o intervalo a vencer, por 10-7, graças a um touchdown tardio, de James White, a 1:06 do descanso, o que é que terá mudado no segundo tempo para que o ataque conseguisse acrescentar 25 pontos em cerca de 22 minutos?

O que mudou

Para muitos foi uma questão de atitude.

ap_david_andrews.jpg

"Não houve nenhuma conversa mágica, nem nenhuma mudança no esquema [táctico], nada disso, foi apenas o termos conseguido entrar em campo e fazer o nosso trabalho, trabalhar em conjunto, porque sabemos que temos que seguir em frente pois eventualmente começamos a obter resultados," explicou o center David Andrews.

"Evitámos que a bola chegasse ao número 18 [A.J. Green]. Esse era o plano de jogo, mas no início ele fez umas duas jogadas, era preciso melhorar," acrescentou Devin McCourty, um dos capitães da defesa. "Vocês já nos conhecem, nós continuamos à procura do que dá resultado, e quando o encontrámos o ritmo certo, começámos a jogar bem."

Já Chris Long não consegue apontar os motivos para esta mudança.

ap_chris_long.jpg

"Não sei, houve uma série de coisas que correram à nossa maneira e o jogo mudou um pouco. Às vezes não sabemos bem porquê, é preciso primeiro ver o filme, temos que aprender com a fase inicial em que não estávamos a jogar muito bem, aprender as lições e prepararmo-nos para Pittsburgh," disse Long. 

"Não interessa qual seja o resultado, pois nós só estamos focados em fazer o nosso trabalho," acrescentou Danny Amendola. "Quando entrámos para a segunda parte, sabíamos que tínhamos que estar focados no nosso trabalho; íamos defender primeiro e depois recuperávamos a bola e senti que a partir daí íamos embalar."

"Sim, nós jogámos muito melhor na segunda parte," reconheceu Tom Brady. "Eu penso que a nossa execução foi muito melhor. Demorámos algum tempo para descobrir como é que íamos encontrar forma para criar espaços para os nossos jogadores, mas quando o fizemos passámos a bola a vários jogadores e eles [Cincinnati] falharam [nas marcações]. O jogo terrestre foi eficaz quando o utilizámos, por isso foi uma boa vitória do conjunto."

"Tentámos fazer alguns ajustes na cobertura por parte da secundária", sugeriu Bill Belichick. "O [coordenador defensivo] Matt [Patricia], o Josh [Boyer], o Steve [Belichick], os jogadores, Devin [McCourty] fizeram um bom trabalho nesse sentido. E depois obviamente apenas um pouco mais de regularidade nas terceiras descidas. Isso ajudou-nos. Ofensivamente prejudicamo-nos a nós próprios na primeira parte. Estivemos em muitas situações de longa distância, terceira-e-30 e segunda-e-20, coisas do género. Precisamos de eliminar essas jogadas negativas e manter as descidas mais curtas."

"Por outro lado, em termos defensivos, conseguimos algumas situações de longa distância. Na segunda parte, as nossas conversões foram melhores. Na primeira parte fomos apanhados nalgumas delas."

Jogada de Dont'a Hightower virou equipa para o caminho certo 

Mas para a maioria dos observadores, o lance decisivo ocorreu a 7:11 do final do terceiro período, quando o linebacker Dont'a Hightower derrubou Andy Dalton, quarterback de Cincinnati, na sua própria end zone, conseguindo assim um safety que na altura reduziu a desvantagem dos Patriots para 12-14. 

ap_donta_hightower.jpg

"Foi uma jogada muito importante," reconheceu o linebacker Elandon Roberts. "[É importante] sempre que tu consegues uma jogada assim tão explosiva e contra um adversário assim. Foi uma jogada muito importante, mudou o cariz do jogo. Esta defesa tenta fazer jogadas. Estamos lá dento do campo uns para os outros, para os nossos treinadores, penso que assim é jogar à Patriots e é tudo o que estamos a fazer."

"Sempre que a defesa marca pontos, é bom para a equipa," acrescentou Julian Edelman. "A defesa tem sido impenetrável. Joga de olhos fechados. Sempre que tu jogares futebol complementar, vais ganhar o jogo."

"Mudança importante no ritmo de jogo. Antes daquela jogada o Malcom Brown tinha dito 'precisamos de um safety' e na realidade conseguimos um safety, por isso foi definitivamente um boa mudança do ritmo do jogo. Vamos continuar a crescer," acrescentou o cornerback Malcolm Butler.

O defensive end Chris Long considera Hightower um jogador de elite.

"Ele é fantástico. É um jogador tão inteligente, muito físico, bastante atlético," explicou Long. "Provoca problemas nas marcações e como colega de equipa está sempre, desde o primeiro dia, a ajudar-nos a estar bem colocados no terreno. Nunca está demasiado ocupado para responder a uma pergunta ou para ajudar, não é egoísta e é por isso que encaixa bem...é um verdadeiro jogador de football e esse é o melhor elogio que lhe posso fazer".

O tight end Martellus Bennett concorda pois na sua opinião "o [Dont'a] Hightower fez um grande jogo hoje. Estou super entusiasmado com ele. Ele é um jogador que vem para o trabalho todas as semanas e dá o máximo todas as semanas. Ele fez um grande jogo hoje e por isso estou super entusiasmado com ele."

No domingo, em Pittsburgh, é preciso mais, do mesmo.

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Latest News

Advertising