Official website of the New England Patriots

replay
Patriots Replay Fri Jun 05 | 12:00 AM - 11:58 PM

Defesa indica o caminho para a sexta final consecutiva na AFC

Para os peritos, a única hipótese que Houston tinha de poder surpreender neste jogo seria obrigar os Patriots a cometer vários erros e tirar proveito desses lances. E o certo é que os erros cometidos pelo ataque dos Patriots resultaram diretamente em 13 pontos, o número mais elevado permitido desde que os Ravens haviam conseguido 20 em 2009.

Por isso, a certa altura, com o resultado em 14-13 e o ataque a não conseguir encontrar o ritmo certo, o Gillette Stadium ficou um pouco nervoso. Mas, aí a defesa dos Patriots tomou conta do jogo e assegurou a vitória, com os três safeties a conseguirem uma interceção cada durante a segunda parte.

0ap3000000774357_video_player_cp.jpg

Tom Brady, que sofreu duas interceções, tantas como consentira nos 12 jogos que disputou durante a temporada regular, não escondeu a sua frustração quando se dirigiu aos jornalistas após o final da partida.

"Sim, foram muitas coisas, entre o que eles [Houston] estavam a fazer e o que nós estávamos a fazer que nos criaram problemas [no ataque]," disse Tom Brady. "Fomos todos muito inconsistentes [no ataque]. Não fizemos o suficiente em nenhuma área."

Devido à irregularidade do ataque, valeu aos Patriots a inspiração da defesa.

"Sim, eles [a defesa] fizeram uma grande exibição," reconheceu Tom Brady. "Quer dizer, eles têm feito um ótimo trabalho para nós durante toda a temporada. Penso que eles jogaram muito bem hoje. Penso que os turnovers obviamente foram uma parte muito importante nos pontos que o ataque marcou. Quando eles jogam assim, é difícil marcar pontos [contra nós]. Estão a perseguir o quarterback e a roubar bolas e a fazer boa cobertura. Fizeram um grande jogo."

À entrada na segunda parte, a vantagem dos Patriots era de apenas quatro pontos, 17-13, e quando o ataque não fez nada na primeira vez que teve a bola, receou-se que Houston pudesse adiantar-se no marcador. Mas, a defesa dos Patriots não deixou e registou excelente exibição nos últimos 30 minutos.

OS SAFETIES MOSTRAM O CAMINHO

"Não estávamos a jogar tão bem como queríamos e esse é o nosso trabalho na defesa, ajudar o ataque quando eles não estão a jogar tão bem como habitual, e quando nós não estamos a jogar tão bem, eles ajudam-nos a nós," disse Duron Harmon, um dos safeties dos Patriots a registar uma interceção na segunda parte. "Essa é a vantagem de ter uma equipa equilibrada, um bom ataque, boas equipas especiais e uma boa defesa."

"Nós sentímos que já passámos por isto anteriormente, não entrámos em pânico, obrigamos [Houston] a fazer muitos* field goals, sabemos que os *field goals não nos vão derrotar, penso que fizemos um bom trabalho a responder [aos turnovers]," acrescentou Logan Ryan, que também registou uma interceção.

6916e7f3ff0e46cb86619faf77c92047.jpg

"Quando fomos para o intervalo, olhamos uns para os outros como que a dizer, 'temos que jogar melhor'. Fazer o que devemos fazer e obrigá-los a merecer o que conquistarem," explicou Devin McCourty, um dos capitães da defesa. "E nós fizemos isso [na segunda parte], fizemos um trabalho melhor."

Parte do sucesso deste trio ficou-se a dever à preparação e ao estudo que fizeram sobre as tendências do ataque de Houston.

Inicialmente, na interceção de Devin McCourty, no início do terceiro período, a defesa dos Patriots pareceu algo confusa, pois um dos receivers de Houston estava solto de marcação no início da jogada. Mas, à última da hora, McCourty conseguiu intercetar o passe que seguia na direcção de DeAndre Hopkins.

"Não, não houve confusão, o E. Rowe [Eric Rowe] pensava que estávamos num tipo de marcação e eu corrigi," explicou McCourty. "Foi só questão de colocar todos na cobertura que queríamos fazer, foi só isso. Foi só eu mudar a cobertura, eu e o Duron [Harmon] e depois passar [a mensagem] a todos. Ele começou a pensar que era uma coisa e depois mudámos para essa defesa.

"Eu sabia que eu tinha que fazer a marcação apertada. Ele [DeAndre Hopkins] é um jogador chave para eles nessa situação, terceira ou segunda [descidas], penso que era uma terceira descida. Eu apenas tentei fazer marcação apertada nele e consegui fazer uma boa jogada."

Logan Ryan repetiu o feito do seu capitão.

"É um bom sentimento, é a minha primeira interceção nos play-offs," disse Ryan. "Foi importante. Eu sabia que quando o Devin [McCourty[ fez uma eu também ia conseguir, e o Duron [Harmon] costuma fechar o jogo, correu como planeávamos. Foi bom ter conseguido, [as interceções] são importantes nesta altura da temporada.

E o mais agradável nesta interceção, ocorrida logo no início do quarto período, com o resultado em 24-16, foi que surgiu numa jogada que a defesa dos Patriots conseguiu decifrar.

eab1dd0a8759444299b801415887c67d.jpg

"É melhor perguntarem ao Devin [McCourty], o Devin é que adivinhou a jogada, disse-me 'se ele [DeAndre Hopkins] tentar fletir para o interior, antecipa-te a ele'. Tive sorte de me antecipar ao Hopkins, o passe saiu um pouco por alto e por detrás dele, o Devin estava mesmo ali, desviou a bola e eu consegui segurá-la," respondeu Logan Ryan quando os jornalistas lhe pediram para descrever o lance. "Nós falámos daquela jogada antes dela se realizar, o que é algo doido. Mas é algo que surge devido ao estudo do filme [dos jogos] e à preparação. Conseguimos falar sobre as jogadas e eles tentaram exatamente aquilo que nós pensávamos e conseguimos tirar proveito."

E quando lhe perguntaram por que motivo haviam chegado aquela conclusão, Ryan explicou que "foi um ajustamento, algo que vimos e que queríamos mudar. Mudámos a nossa colocação, eu fiquei atrás do [DeAndre] Hopkins, o Devin [McCourty] fez-lhe frente e ele [o quarterback Brock Osweiller] tentou forçar o passe e nós fizemos que isso lhe custasse caro."

Finalmente, foi Duron Harmon a conseguir uma interceção, culminando assim uma noite de sonho para os* safeties*.

"Foi extra especial. Já o tínhamos feito uma vez, três interceções contra Carolina, mas foi num jogo de pré-temporada, é muito diferente ser num jogo dos play-offs," indicou Harmon. "Ver todo o trabalho que temos feito a dar resultado é muito especial, especialmente com os outros dois."

INTERCEÇÕES MUDARAM O JOGO

E na realidade as interceções acabaram por mudar o cariz da partida pois "mudam a forma como o jogo está a decorrer, ele estão a avançar um pouco e aí o Devin [McCourty] faz uma grande jogada para devolver a bola ao nosso ataque e parar o avanço deles. E com o Logs [Logan Ryan] foi a mesma coisa, eles estavam a avançar com a bola e ele fez uma grande jogada. E houve excelente comunicação naquela jogada, eles alertaram-nos para aquela jogada e isso torna tudo ainda melhor. O Devin alertou o Logan para o corte para o interior e o Logan foi para o sítio certo e correu bem."

"Os turnovers, foi o que nos tirou [a vitória]," confirmou DeAndre Hopkins, o wide receiver *dos Texans que era o alvo dos passes intercetados. "Não podemos cometer turnovers*. Muto simplesmente não podemos cometer esses erros. Não foi apenas uma jogada. Foram várias jogadas. É difícil. Eles [os Patriots] jogaram bem.

"Eles são bons e fizeram um excelente trabalho [na defesa]. Não podemos pôr a nossa defesa em posições como assim. Eles [os Patriots] bateram-nos, isso é tudo o que precisa ser dito."

"Ganhámos, seguimos em frente, isso é a única coisa que importante neste momento," concluiu Duron Harmon. "Depois, vamos analisar o filme [do jogo] e tomar nota do que correu bem, correu mal, e assim assim, mas ao fim do dia vamos fazer mais um jogo e os play-offs são isso mesmo, encontrar maneira para ganhar o jogo e seguir em frente."

O jogo frente a Houston serviu também para aumentar a confiança da equipa, pois a defesa continua a provocar turnovers e enquanto assim for, as vitórias continuarão a surgir.

"Trata-se de sermos consistentes, sabemos que temos bons jogadores na defesa, jogadores inteligentes, e sabemos que basta ir para o campo e fazer o que nos treinam para fazermos. Se conseguirmos fazer isso, vai ser muito difícil para os ataques [adversários]," explicou Durou Harmon.

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Advertising