Official website of the New England Patriots

replay
Patriots Replay Wed Jun 03 | 12:00 AM - 11:59 PM

Intensidade aumentou nos treinos dos Patriots

O treinador Bill Belichick é um grande apreciador da história da NFL e por isso sabe que o passado traz lições que, quando são acatadas, podem ajudar a evitar desaires futuros. No caso específico dos Patriots, esta temporada tem sido um pouco semelhante a 2010. Senão vejamos:

Em 2010, tal como este ano, os Patriots venceram 11 dos 12 últimos jogos, totalizando 14 vitórias, terminando assim como primeiro cabeça-de-série na AFC, com direito a jogar em casa todos os jogos dos play-offs.

Tom Brady teve uma temporada brilhante, terminando com uma série de 335 passes consecutivos sem interceções, e ainda conseguiu estabelecer um novo rácio de TDs para interceções, 9:1. Este ano melhorou esse rácio para 14:1 e estabeleceu novo máximo na NFL com apenas duas interceções.

E o que é que aconteceu nos play-offs? Os Patriots foram surpreendidos em casa pelo New York Jets, 28-21, os mesmos Jets que seis semanas antes tinham sido goleados no Gillette Stadium por 45-3.

Mas, a equipa técnica não vai permitir que a história torne a repetir-se este ano.

20161130_710x380_bill_belichick.jpg

"Estamos na reta final. Não me parece que esta seja a altura para os treinadores abrandarem, nem para mais ninguém fazer isso," disse Bill Belichick durante a conferência de imprensa de quinta-feira. "Essa é a única questão do momento. Este é o mais alto nível de competição que tu podes enfrentar. São as melhores equipas. Nós vamos ter que jogar e treinar ao nosso melhor nível, e não sabemos contra quem será pois neste momento há três equipas contra quem potencialmente teremos que jogar e estar preparados para isso. Independentemente de quem defrontarmos, há coisas que precisamos de fazer, mas além disso nós [treinadores] também precisamos de obter o máximo de informação e estarmos preparados para os jogadores quando eles regressarem para lhes darmos as melhores informações e as melhores avaliações [sobre os adversários] e o melhor plano de jogo possível para lhes proporcionarmos a melhor oportunidade para ganhar. Esse trabalho ainda não acabou. Ainda temos muito trabalho a fazer."

E quando lhe perguntaram se os treinos deste ano estavam a correr melhor do que os de 2015, Bill Belichick ficou um tanto irritado.

Depois de dizer que não percebia a pergunta, Belichick acrescentou: "Não me importo sobre o ano passado. Não me importo sobre o ano anterior. Não me importo sobre a década antes disso. Honestamente, não importa. [Mas sim] onde é que estamos agora? Qual é a melhor coisa que podemos fazer para ajudar a nossa equipa? Como podemos ficar melhores do que ontem, hoje, para jogar o nosso melhor futebol no próximo sábado à noite?

"A questão é realmente essa, por isso onde nós estávamos ou não num outro ano qualquer, quem é que se importa com isso? É onde estamos agora e qual é a melhor coisa que podemos fazer. O que quer que seja, é o que vamos tentar fazer. Às vezes tu salientas uma área porque não podes salientar outra área, por um motivo ou outro, mas o que podes fazer, tu fazes. O que não podes fazer, então se não podes fazer, não fazes, ou fazer o melhor possível nessa área, mas mesmo que não seja o que tu queres, é o melhor que tu podes fazer.

"É aí que estamos em relação a tudo. Vamos tentar, ontem e hoje e sexta-feira, nós vamos fazer estes dias o mais produtivos possível e vamos tentar tirar deles o máximo que podermos. Há muitas coisas que estamos a tentar equilibrar entre a preparação, as correções, coisas novas, o descanso. É uma lista longa. No final vamos tentar tirar o máximo proveito que pudermos. É esse o nosso trabalho. O que quer que tenha acontecido nos outros anos realmente não importa."

JOGADORES RECEBERAM A MENSAGEM

A mensagem passada aos jornalistas já tinha sido transmitida, recebida e adotada pelos jogadores, que têm trabalhado com uma intensidade tremenda durante os treinos.

Saliente-se que no treino de quarta-feira os jogadores usaram todo o equipamento, algo que é pouco comum nesta altura da temporada.

E a mensagem de rigor foi mais facilmente passada porque do plantel de 2010 restam ainda sete jogadores. No ataque há o quarterback Tom Brady, e o wide receiver Julian Edelman, e da defesa restam o safety e capitão Devin McCourty, o outro safety Patrick Chung, e o defensive end Rob Ninkovich. Os outros dois sobreviventes daquele desastre de 2010 são o capitão das equipas especiais,Matthew Slater, e o kicker Stephen Gostkowski.

4d3c2dd948c84d12aae1098041628ad3.jpg

Tom Brady já tinha começado o processo logo na conferência de imprensa em Miami quando disse "só porque ganhámos este fim-de-semana não quer dizer que vamos ganhar daqui a duas semanas."

No dia seguinte Patrick Chung acrescentou que "a temporada agora é um jogo... e estamos a lutar para [ganhar os] três jogos. Temos que jogar o nosso melhor football agora."

Na quinta-feira Tom Brady renovou a mensagem.

"O Mister [Bill Belichick] é treinador há 42 anos, por isso eu acho que quando ele fala sobre isso, tem muito mais impacto com muitos dos jogadores," disse Brady. "Não tem nada a ver com o que tu já fizeste, ou que tu dizes que poderias fazer – tens que ir para dentro do campo e fazê-lo."

"Temos de fazer tudo ao nosso alcance para nos prepararmos para estarmos prontos para jogar o nosso melhor jogo de football no próximo sábado," acrescentouMatthew Slater. "Realmente é nisso que tem que estar toda a nossa concentração. Há muitas coisas a acontecer, coisas importantes, mas olha, nós não temos muitas oportunidades destas, talvez nunca venha outra, por isso temos que tirar proveito disso. Temos que ter uma boa semana de treinos esta semana e dizer, 'Como é que os Patriots podem ficar melhor?' Não os Patriots contra quem quer que seja, [mas sim] como é que os Patriots podem melhorar a si próprios, como indivíduos e como equipa? Espero que seja essa a mensagem que conseguimos transmitir."

A INTENSIDADE NOS TREINOS

Pela intensidade e empenho demonstrados durante o treino de quinta-feira não restam dúvidas de que a mensagem foi não apenas transmitida, como também recebida.

"Eu diria que a intensidade aumenta naturalmente durante a época dos play-offs. A intensidade notou-se definitivamente," reconheceu o* wide receiver* Julian Edelman.

"O que é entusiasmante é que ou ganhamos ou vamos para casa," acrescentou o tackle esquerdo Nate Solder. "É um risco elevado. Aqui, temos expectativas elevadas. Tencionamos ganhar todos os jogos."

"Tu não podes estar a pensar na próxima semana," comentou o tight end Matt Lengel. "Tens que levar um dia de cada vez. Estou totalmente focado no presente, nas coisas que preciso fazer para melhorar e depois seguir em frente."

b13210f0cd5f4667af526545f5c6a74c.jpg

"Não importa o que fizeste no passado, há quantos anos já jogas, quantos Super Bowls ganhaste. A questão é como tu jogaste nesses jogos. Ou ganhas ou vais para casa. Nós sabemos quais são os riscos," comentou o cornerback Logan Ryan. "Mas, não podemos mudar muito a nossa abordagem, só porque sentimos que já fazemos mais do que suficiente. Simplesmente temos que continuar a fazer o mesmo. Não faças muito [alarido]

"É realmente o mesmo para nós. Faz a mesma quantidade de trabalho, independentemente de se jogar esta semana ou não. Vê a mesma quantidade de filme [de jogos dos adversários]. Gostaria de poder sair daqui mais cedo, mas não vou fazer."

"Nós não sabemos contra quem vamos jogar, por isso esta é a altura para refletirmos sobre o ano e o que fizemos e o que podemos fazer para melhorarmos," concluiu Edelman. "Só é uma oportunidade se tirares proveito dela."

Os jogadores entrarem de folga depois deste treino e só regressam na segunda-feira. No domingo provavelmente vão assistir ao encontro entre o Pittsburgh Steelers (#3) e o Miami Dolphins (#6), porque o adversário do próximo sábado dependerá do resultado desse jogo. O primeiro jogo na AFC terá lugar este sábado, entre o Oakland Raiders (#5) e o Houston Texans (#4).

O Kansas City Chiefs (#2) e os Patriots (#1) folgam nesta primeira fase. No próximo sábado, com início pelas 20:15, os Patriots recebem a equipa com o ranking mais baixo, que será os Dolphins, ou o vencedor do jogo entre Houston e Oakland.

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Advertising