Official website of the New England Patriots

replay
Patriots Replay Fri Aug 14 - 12:00 AM | Sun Aug 16 - 11:58 PM

Luta por lugares no plantel: Linebacker

Certezas: Jamie Collins, Dont'a Hightower e Shea McClellin.

Em risco: Jonathan Freeny, Rufus Johnson, Ramon Humber e Kamu Grugier-Hill.

Hipóteses remotas: Kevin Snyder, Elandon Roberts e C.J. Johnson.

Análise: Collins e Hightower estão entre os melhores jovens linebackers da NFL e vão entrar no ano final dos seus contratos. O melhor cenário possível seria os dois assinarem renovações por muitos anos antes de chegarem a esse ponto. De qualquer forma, vão ser titulares na Semana 1. 

McClellin transitou de Chicago a custo zero como free agent durante o defeso e com a sua versatilidade, que lhe permite jogar a DE, OLB, e ILB, é quase certo que vai fazer parte dos 53.

Freeny renovou contrato poucos jogos depois de ter iniciado a sua carreira nos Patriots mas sentiu dificuldades em mostrar a regularidade que se esperava dele. Por isso, talvez não haja espaço no plantel para si e também para Rufus Johnson (6-5, 280 – 1.95, 127.2), que tem um tamanho interessante, algo que talvez ajude a explicar por que motivo os Patriots o mantiveram na IR, a lista de reservas lesionados, o ano passado. Humber, por sua vez, teve o privilégio de ser o primeiro jogador em fim de contracto a assinar por New England durante o defeso, mas mesmo assim poderá estar entre os primeiros a ser dispensado. Com tamanho diminuto, especialista dos special teams, Humber vai lutar por um lugar no plantel com o rookie Grugier-Hill (um safety híbrido) que lhe vai morder os calcanhares. Snyder, na ponta final do ano passado, esteve em alguns jogos do practice squad, o grupo de reservas ativos, enquanto os rookies, os estreantes na liga, Roberts e C.J. Johnson vão ter uma escalada difícil para conseguir lugar no plantel. No entanto, a practice squad poderá ser uma possibilidade para estes dois.

640-shea-mcclellin.jpg

Shea McClellin entusiasmado por ter uma nova oportunidade

Em entrevista apresentada no programa 'Patriots Today', o novo linebacker Shea McClellin mostrou-se agradado com a vinda para os Patriots.

"Penso que de todas as 32 equipas, os Patriots eram aquela onde caberia melhor e tudo correu da melhor forma," explicou McClellin, que considera que este encaixe se deve "à forma como eles usam a sua defesa, a mentalidade que têm."

Durante a carreira universitária, transitou de defensive end para linebacker, mas a nível profissional tem atuado mais como linebacker.

"Inicialmente, nos dois primeiros anos, a mudança da universidade para a NFL foi difícil, mas nestes dois últimos anos mudei para o papel de linebacker e tem sido muito mais fácil, sinto-me mais confortável," explicou McClellan. "Vamos ver como é que as coisas correm e onde é que eles me vão colocar aqui."

"Estou entusiasmado por ter um novo começo, iniciar de fresco, pois penso que este jogo é tão mental e não posso esperar pelo primeiro jogo," concluiu.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Advertising