Official website of the New England Patriots

replay
Patriots Replay Tue Jun 02 | 12:00 AM - 11:55 AM

Na nossa casa mandamos nós

Durante a semana vários jogadores dos Patriots haviam pedido aos seus fãs para virem para o jogo e gritarem o mais alto possível porque esse apoio cria energia positiva e ajuda a equipa, especialmente nas fases mais difíceis do jogo.

E na realidade no domingo à noite os fãs dos Patriots foram mesmo o décimo segundo jogador.

22393f9184114babafdd8634e59554e4.jpg

"[O apoio] foi fantástico," disse Julian Edleman. "É enorme para a defesa porque a comunicação torna-se difícil para o ataque [adversário] num estádio assim tão barulhento. Nós pedimos que viessem e eles vieram. Sempre que a multidão fica ao rubro daquela maneira nós recebemos a energia deles. Por isso foi ótimo, Nova Inglaterra nós vos adoramos."

Esse apoio teve efeitos muito positivos na ponta final do segundo período. Faltavam dois minutos para o intervalo, quando o quarterback Ben Roethlisberger lançou um passe de 19 jardas na direção de Jesse James, que se lançou ao solo e agarrou a bola, apesar da cobertura feita por Duron Harmon e Patrick Chung.

Inicialmente a equipa de arbitragem indicou que James atravessara a linha final e fez a sinalização de* touchdown*, o que colocaria o resultado em 17-13. E como Pittsburgh iria receber a bola para começar a segunda parte, a situação ficava complicada.

Por estarmos nos últimos dois minutos da primeira parte, o lance foi revisto. E a repetição da jogada mostrou que James tocara no solo antes de atravessar a linha final, pelo que o touchdown foi retirado e Pittsburgh ficou com a bola na linha de 1 jarda dos Patriots.

A determinação de Harmon e Chung foi determinante em impedir o touchdown, pois nunca desistiram e graças à sua persistência impediram que James conseguisse ultrapassar a linha final.

"Foi enorme. Eu disse ao [Duron Harmon] assim que ele chegou à linha lateral que foi um grande tackle, desde a determinação do Chung e depois o [Duron] a ter a certeza que o [James] não passava pela linha final," disseDevin McCourty, um dos capitães da defesa. "Deu-nos uma oportunidade e é assim que jogamos na defesa. Dar tudo na próxima jogada. Trata-se de todos lutarem ao máximo e penso que conseguimos fazer isso. Esta defesa tem sido muito equilibrada na forma como consegue adaptar-se ao que as equipas [adversárias] estão a fazer. Obviamente, tínhamos um bom plano de jogo, e depois à medida que o jogo ia decorrendo, sem o [Le'Veon] Bell em campo, ficámos em vantagem no marcador, e o jogo de passes [de Pittsburgh] tornou-se mais prevalente, e aí fomos capazes de fazer alguns ajustes e fazer coisas diferentes que nos ajudaram a conseguir a vitória final. Portanto, foram 11 jogadores a estarem atentos e preparados para fazer mudanças e a tentarem jogar bem."

"Nós estamos sempre a falar sobre a necessidade de ir para o monte e tentar agarrar a bola, nunca deixar um colega nosso isolado," acrescentou Duron Harmon. "Eu vi a bola ser lançada e quis ter a certeza que chegava lá antes que ele [James] cruzasse a linha. Acabou por ser uma grande jogada para a defesa."

E foi aí que os fãs cumpriram o seu papel. O barulho tornou-se quase ensurdecedor, dificultando ao máximo a comunicação entre os jogadores do ataque de Pittsburgh. Na primeira jogada DeAngelo Williams tentou a corrida, mas foi anulado porDont'a Hightower e Patrick Chung, e acabou por perder uma jarda.

Os Patriots pediram time-out e o barulho dos fãs aumentou um pouco mais.

Na jogada seguinte, DeAngelo Williams tentou mais uma corrida, e deste feita o tackle por Vincent Valentineresultou na perda de três jardas.

73b47bb464994fbcb9e0907effee703d.jpg

"Eu estava apenas a tentar fazer uma jogada," disse Valentine. "Não sei quando é que eles entregaram a bola. Simplesmente corri para frente e tentei fazer uma jogada."

Novo time-out dos Patriots, mais barulho das bancadas.

Finalmente, Roethlisberger, algo pressionado, tentou um passe para Eli Rogers, mas a bola saiu torta e caiu no relvado. Consequentemente, Pittsburgh foi obrigado a tentar um field goal de 23 jardas, por Chris Boswell e assim, em vez de 17-13, os Patriots foram para o intervalo a ganhar por 17-9.

"Penso que foi uma paragem muito importante," concluiu Vincent Valentine. "Eles poderiam ter ido para o intervalo com o ímpeto a favor deles. Conseguir fazer a paragem naquela altura foi muito bom e era o que a nossa equipa precisava."

"Foi muito importante," concordou o treinador Bill Belichick. "Já vimos muitos jogos e em alguns casos temporadas serem decididas por uma jarda, por isso aquela foi uma jarda muito importante no final da primeira parte, o tackle, e de seguida fizemos a paragem na primeira descida na linha de golo. O [Vincent] Valentine conseguiu fazer isso na segunda [descida] e depois fomos capazes de fazer mais uma paragem na terceira descida, então isso foi uma mudança importante de quatro pontos."
"Foi enorme. A nossa defesa na red zone melhorou ao longo do ano. Não era assim no primeiro trimestre da temporada. Nós sempre colocamos muito tempo nisso, e os resultados têm melhorado, foi algo que nos ajudou novamente esta noite."

SEGUE-SE O SUPER BOWL

          A segunda parte começou com a defesa novamente em grande plano, mais um three and out, e o ataque foi acumulando pontos em direção a uma vitória convincente que colocou os Patriots uma vez mais no Super Bowl.

Para muitos, será a primeira presença no jogo do ano.

"Este é um sonho tornado realidade," disse Vincent Valentine. "Isto é o que eu tenho sonhado toda a minha vida. Desde pequenino, quando assistia ao football na televisão, com o meu pai, na sala de estar. É um sonho que se torna realidade. Sinto-me abençoado. Quero agradecer a Deus por tudo que fez por mim. É mais um. Chegou a hora de ir buscar o anel do Super Bowl."

71688f3624ac46219aaf218e96b22ceb.jpg

"Sem dúvida que tem um grande significado poder ter esta oportunidade. Todos trabalhámos muito arduamente durante todo o ano. Nós temos feito muito trabalho duro e temos passado muito, "acrescentou Chris Long. "Mas ao fim do dia, como hoje, nós executámos. Todos trabalham arduamente na NFL, a execução é o que faz a separação e dá mais oportunidades. Esta noite, nós fizemos isso."

"Muito sinceramente, ao longo dos anos nunca pensei que o Super Bowl fosse uma possibilidade," disse o tight end Martellus Bennett. "Esse é um dos nossos objectivos. Eu estava a falar com a minha esposa esta manhã. Disse-lhe 'eu realmente não sei como me devo sentir em relação ao jogo.' Sempre sonhei em ir ao Super Bowl, mas no passado nunca realmente me pareceu ser uma meta atingível porque perdemos tantos jogos e nunca estivemos realmente em posição para ir. Tu tens apenas a esperança de ir aos play-offs. Por isso é muito especial — é um sonho tornado realidade."

É o que acontece quando se joga pelos Patriots, muitas vezes este tipo de sonhos tornam-se realidade.

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Related Content

Advertising