Official website of the New England Patriots

replay
Replay: Patriots Unfiltered Mon Sep 28 | 06:00 PM - 11:59 PM

Patriots estabelecem novo recorde de títulos consecutivos de campeão da AFC Leste

Não foi espetacular, mas a vitória em Denver trouxe ao New England Patriots mais um título de campeão da sua divisão, a AFC Leste, ou East, o oitavo consecutivo. O antigo recorde vinha a ser repartido com o Los Angeles Rams, que venceu consecutivamente a NFC West de 1973 a 1979.

Mas, esta não foi a única marca estabelecida graças à convincente vitória em Denver. Aliás desde que Robert Kraft assumiu controle dos Patriots em 1994, o sucesso e os títulos têm sido a marca dos Patriots.

 Assim, desde 1994, os Patriots conseguiram o apuramento para os playoffs 16 vezes, seguindo-se na lista, algo distanciados, o Pittsburgh Steelers e o Green Bay Packers, com 11 presenças na fase final da prova.

A oitava presença consecutiva nos play-offs fica a uma participação do recorde na categoria, pertença de Dallas (1975-1983) e Indianapolis (2002-2010).

Pela sétima temporada consecutiva, os Patriots conquistaram folga na primeira eliminatória dos play-offs, melhorando assim um recorde que já lhes pertencia.

O triunfo em Denver aumentou o número na temporada para 12, total que os Patriots conseguiram por 11 vezes na sua história, incluindo todas as épocas desde 2010. Os Patriots apanharam os Colts nesta série, sete temporadas consecutivas com 12 vitórias, faltando-lhes apenas igualar os 49ers, que conseguiram 12 vitórias por 13 vezes desde que as duas ligas, AFL e NFL, se juntaram em 1970.

Desde 2001, em 10 temporadas a defesa dos Patriots conseguiu evitar que os ataques adversários ultrapassassem a média de 20 pontos por jogo, feito apenas igualado por Baltimore e Pittsburgh.

Depois de concluídas 15 jornadas (os Patriots teve uma folga), a equipa só sofreu duas interceções, novo máximo, superando o que os Cowboys fizeram em 1993, com cinco.

3991a3e5f6ba4096b6505eebac72c67e.jpg

A nível individual, o treinador Bill Belichick foi campeão da sua série pela décima quarta vez, o que passa a ser novo recorde da NFL, superando os 13 títulos de Don Shula e Tom Landry. E aumentou o número de títulos consecutivos para oito, máximo que já lhe pertencia. Com seis cada, seguem-se Paul Brown (1950-55), Tom Landry (1966-71), Bud Grant (1973-78) e Chuck Noll (1974-79).

Bill Belichick também é detentor do recorde de temporadas com um mínimo de 12 vitórias, algo que já conseguiu 11 vezes, e épocas consecutivas com 12 vitórias, feito por sete vezes.

Muitos destes feitos foram conseguidos comTom Brady a quarterback. Por isso, o líder do ataque dos Patriots também aumentou para oito o recorde, que já lhe pertencia, de títulos consecutivos; foi campeão da sua divisão pela décima quarta vez, título que também já lhe pertencia, superando Peyton Manning (12) e Joe Montana (9); e igualou Peyton Manning com um mínimo de 12 vitórias em 11 temporadas.

AS REAÇÕES AOS RECORDES

"É um feito tremendo," disse Bill Belichick em relação à conquista de mais um título na AFC Leste. "É um trabalho enorme, que começou no defeso, nos OTAs, no estágio de pré-temporada. Muitos jogos difíceis. Ganhámos muitos jogos fora de casa, o que é sempre difícil de fazer. Esta [vitória em Denver] foi mais uma. Ainda temos mais a concretizar. Os nossos objetivos podem agora ser redefinidos, este foi o primeiro, a vencer a divisão. É algo que dá orgulho, conseguimos isso. Mas chegou a altura de redefinir e realizar mais feitos este ano."

4e45f1352a954d7b88fff7bf04917779.jpg

Para Devin McCourty, que foi sempre campeão na sua divisão desde que chegou à liga em 2010, a maior satisfação sente-se quando veteranos de grande valor chegam aos Patriots e conseguem pela primeira vez nas suas carreiras conquistar um título.

"É sempre uma boa sensação quando tu chegas [ao balneário] e vês jogadores que jogam nesta liga há muito tempo e são muito bons jogadores e nunca ganharam títulos da divisão, ou outros do género," explicou McCourty. "Ver o entusiasmo deles é uma coisa tremenda. O Martellus [Bennett] entrou a correr e a gritar, 'onde está o meu chapéu?'. É uma sensação muito boa. Acho que estamos só eu e o [Rob] Gronkowski da equipa de 2010, acho que nós somos o fator X."

Não é bem assim pois há outros jogadores que jogaram em 2010, como Tom Bradye Julian Edelman, mas na realidade muitos saborearam ontem o seu primeiro título.

"Eu limito-me a trabalhar todos os dias. Nunca estive nos play-offs uma única vez na minha carreira, por isso é excitante fazer parte desta equipa," disse Martellus Bennett após o final do jogo em Denver. "Vamos continuar a construir sobre tudo o que temos feito e preparar-nos para a próxima semana. O Natal está a chegar, por isso eu talvez possa gastar um pouco mais para a minha esposa este ano, mas fora disso estou entusiasmado. Eu só quero desfrutar com os meus colegas de equipa no avião e no autocarro e divertir-me."
"É bom [ganhar o título] porque além de tudo o mais temos um chapéu e uma t-shirt, acrescentou Julian Edelman. "O que aconteceu no passado, está no passado, é claro que há coisas que gostarias de poder mudar, mas essas são circunstâncias diferentes e esta é uma equipa completamente nova e um ano novo. Foi bom poder vir aqui e conseguir uma vitória fora de casa frente a um adversário da AFC.

50da1a3752ad41859874b7a7344bec58.jpg

"É muito agradável porque ganhámos a divisão todos os anos desde que cá cheguei, mas não podemos dar nada por garantido. Isto deve-se a todo o trabalho árduo em março, abril, maio, os OTAs, a recuperação por parte de muitos jogadores de lesões de vários tipos, e isto representa todo o trabalho árduo, um dos passos que queres dar, mas não vem fácil. A nossa equipa trabalha muito arduamente e estamos continuamente a tentar melhorar, e o treinador está sempre em cima de nós, e é difícil, mas isso é o que traz as vitórias. É uma honra poder jogar aqui e ter a experiência [de ganhar] oito [títulos]."

"Obviamente trabalhámos imenso por isso e merecemos ganhar, mas ainda temos trabalho por fazer, por isso vamos continuar a trabalhar até concretizarmos o objetivo final," acrescentou Trey Flowers. "Ainda estou a tentar digerir. Este vai ser o meu primeiro chapéu, por isso provavelmente não o vou tirar durante algum tempo."

"Não podemos dar nada por garantido. Estou nesta liga e já joguei contra estes colegas nos últimos anos e é um prazer fazer parte desta equipa. Temos um grande grupo de rapazes aqui que luta em todos os jogos. Vamos tentar continuar a fazê-lo."

"É ótimo poder pertencer a uma equipa vencedora," foi a opinião de Dion Lewis. É um grande grupo de rapazes. Eu adoro esta rapaziada. Todos trabalharam arduamente e jogaram arduamente [ontem]. É ótimo."

"[Ganhar este título] tem um grande significado," acrescentou Chris Long. "Para mim, é simplesmente uma grande vitória coletiva aqui fora de casa em dezembro contra uma equipa muito boa num lugar onde é difícil jogar. Isso é o que isto significa para mim. O chapéu [de campeões da divisão AFC East] é fixe e tudo isso, mas esta foi uma grande vitória coletiva, e temos mais trabalho a fazer."

A temporada faz-se por etapas e através do alcance de metas. A primeira, a conquista do título e consequente apuramento para os play-offs, já foi ultrapassada. Segue-se tentar conseguir o melhor palmarés na AFC, para que os dois jogos dos play-offs sejam disputados no Gillette Stadium. E depois, claro, o Super Bowl. Mas, ainda é muito cedo para se pensar nisso. Neste momento todas as atenções estão já concentradas no jogo da consoada, frente aos Jets.

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Advertising