Official website of the New England Patriots

replay
Replay: Patriots Unfiltered Sun Aug 02 - 12:00 AM | Mon Aug 03 - 11:59 PM

Reações dos Patriots às nomeações para o Pro Bowl

É um jogo simbólico, de carácter meramente exibicional, mas não deixa de ter o seu valor para os jogadores escolhidos. O chamado Pro Bowl, que este ano terá lugar a 29 de Janeiro, no Camping World Stadium em Orlando, na Florida, conta com a participação daqueles que são considerados os melhores jogadores da National Football League (NFL).

A escolha é feita através duma votação que é dividida entre treinadores, jogadores e os fãs das 32 equipas da NFL. A própria liga administra a votação do público, feita através da internet no site da liga, e para ser elegível o jogador terá de ter começado a temporada numa das equipas.

Os Patriots, apesar de serem presentemente a equipa com melhor palmarés na NFL. tiveram quatro jogadores votados como titulares, mas no seu balneário ficou o sentimento de que vários outros fizeram o suficiente durante esta temporada para merecer a honra de representar a AFC neste jogo.

af3f1758816540aeb107efe393a7e22d.jpg

No entanto convém não esquecer que a filosofia dos Patriots é que o mais importante são as honras coletivas, com a vitória no Super Bowl a ser a mais destacável. Por isso, embora o Pro Bowl tenha sido um dos temas de conversa nas várias conferências de imprensa realizadas na quarta-feira, não se notou grande animação entre os entrevistados.

Para o treinador Bill Belichick, os quatro escolhidos -- Tom Brady, Devin McCourty, Dont'a Hightower e Matthew Slater merecem a distinção.

"Eles são todos bons jogadores," disse Belichick. "Todos eles fizeram um bom trabalho para nós. O Pro Bowl – vale o que vale. Eu realmente não comento o processo, nem nada disso. Mas, todos os jogadores que foram selecionados são bons jogadores. Há muitos outros bons jogadores na liga, também. Quem é escolhido ou não é escolhido, não sei. Falem com os eleitores."

ESCOLHIDOS ELEMENTOS DAS TRÊS UNIDADES

Para o New England Patriots, um dos aspetos mais relevantes foi o facto de os quatro jogadores representarem as três unidades, Tom Bradyno ataque, Devin McCourty e Dont'a Hightower na defesa e Matthew Slater nas equipas especiais. Isso demonstra bem a distribuição de valores na equipa.

97a20b92e71d4df6b38d4acbf7556ff8.jpg

"Somos uma equipa operária, com todos a trabalharam arduamente em todas as posições," disse Devin McCourty. "[Temos jogadores [que se preocupam apenas em] ir para o campo para tentar fazer tudo em conjunto e penso que temos apenas que continuar a fazer isso. Penso que os objetivos individuais são ótimos, mas acho que o nosso foco aqui é como equipa, e estes dois últimos jogos vão ser enormes para nós. Olhando para estes quatro jogadores, todos capitães, temos que tentar liderar e preparar a equipa para esta reta final."

"Penso que temos visto que, ano após ano, o treinador [Bill] Belichick e sua equipa [técnica] têm feito um excelente trabalho a contruir plantéis competitivos com múltiplas opções," acrescentou Matthew Slater. "Temos lidado com lesões durante as nove temporadas em tenho cá estado, mas fomos sempre consistentes. Ganhámos o nosso oitavo título da divisão. Acho que isso diz muito sobre o que o treinador [Bill] Belichick tem feito para construir o plantel e penso que diz imenso sobre os jogadores nesta equipa."

Em relação aos prémios individuais, Matthew Slater considera que estes se devem "à cultura na equipa porque quando nos esforçamos para sermos bons em qualquer coisa, temos colegas à nossa volta que nos estimulam para sermos ainda melhores do que aquilo que acreditávamos ser possível, dia após dia. Penso que isso diz muito sobre o caráter e o tipo de jogadores que temos nesta equipa."

BILL BELICHICK ADMIRA ADAPTAÇÃO DE DEVIN MCCOURTY

Durante a sua conferência de imprensa, Bill Belichick alongou-se um pouco quando falou sobre Devin McCourty, pois ele foi escolhido este ano como safety, posição que começou a desempenhar permanentemente em 2013. Na primeira vez que foi escolhido para o Pro Bowl, McCourty jogava a cornerback.

"É muito impressionante", disse Belichick. "É uma transição difícil de fazer porque se está a ver o jogo de dois pontos diferentes."

"O Devin [McCourty] é muito inteligente. Ele tem uma grande consciência de todo o conceito da defesa, o que a defesa foi concebida para fazer, quais são os pontos fortes, o que tenta anular, os pontos fracos, como tentar compensar isso," acrescentou Belichick. "A sua liderança, as suas exibições em campo, a sua dureza, ele fez tudo o que lhe pedimos para fazer — retornar kickoffs, cobrir os kicks, bloquear os gunners *na equipa de retorno de punts, pressionar os *field goals, seja o que for. Ele tem sido não só um jogador confiável, mas um bom jogador para nós em todas essas áreas diferentes. Ele traz grande comunicação, uma grande liderança dentro e fora do campo."

20160906_710x380_donta_hightower_weei_interv_thumb.jpg

Dont'a Hightowernão compareceu perante os jornalistas, mas Devin McCourty ofereceu-se para analisar as qualidades do colega de sector.

"Ele [Hightower] é um líder. Realmente, na nossa defesa, ele consegue fazer tudo o que lhe pedem," disse McCourty. "Ele tem-se desenvolvido e tornou-se cada vez mais um líder. Chegou como um grande jogador e continua a melhorar, mas para nós, na defesa, não sei onde é que estaríamos se não o tivéssemos no meio, a designar as jogadas no huddle para todos estarem alinhados. Ele tem sido uma parte enorme na nossa defesa."

OS OMITIDOS

Como sempre, neste tipo de processo há jogadores que se sentem injustiçados por sentirem que têm qualidades e rubricaram exibições de categoria suficiente para justificaram a convocação. Nos Patriots a crítica apontou principalmente três nomes –Nate Ebner, LeGarrette Blount e Malcolm Butler.

Embora Matthew Slater tenha sido escolhido, o capitão das equipas especiais, que falhou dois jogos devido a lesão, considera que o colega de sector Nate Ebner também merecia a distinção.

2e9ace6ccac6454bbd58ee4b4a0f75e1.jpg

"Eu não posso dizer o suficiente sobre o Nate Ebner, não apenas pelo que ele fez este ano, mas também pelo que ele tem feito ao longo de sua carreira," explicou Matthew Slater. "Eu sei que para mim, pessoalmente, ele elevou o meu nível exibicional porque eu sei que ele vai-me responsabilizar todos os dias para fazer o meu trabalho a um alto nível. O Nate tem sido um grande amigo meu… considero que ele é um dos jogadores de elite nesta liga. Se ligarem o filme [dos jogos], decerto vão confirmar isso."

Recorde-se que Nate Ebner falhou a pré-temporada por ter integrado a seleção de râguebi dos Estados Unidos que participou nas Olimpíadas no Brasil.

Os outros dois jogadores que também mereciam ter sido votados foram o running back LeGarrette Blounte o cornerback **Malcolm Butler. *

Blount lidera a NFL com 15 *touchdowns *em bola corrida, o novo recorde dos Patriots, e tem o sétimo maior total, 1,060, em jardas acumuladas no jogo terrestre.

Para ele o Pro Bowl "é uma honra tremenda," mas não se sentiu injustiçado, pois gostaria de ter visto um reconhecimento público para o trabalho da linha ofensiva e do fullback James Develin, que têm sido incansáveis a abrir espaços para as suas descidas.

"Não sei como é que a votação e essas coisas são feitas, é sempre bom ser reconhecido pelo que se faz," disse Blount. "É sempre incrível ser reconhecido por todo o trabalho duro que tu e a tua linha ofensiva fazem, pelo que o fullback faz.

"Eu votei um milhão de vezes para o [James Develin] entrar. Penso que ele merece. No último jogo ele jogou [43] snaps ou algo assim. Ele é durável. Ele faz tudo o que precisamos que ele faça. Definitivamente senti que ele era um dos jogadores que deveriam ter sido escolhidos... O que ele faz não recebe o reconhecido merecido."

Malcolm Butler foi escolhido no ano passado e este ano, segundo a Pro Football Focus, um site que se concentra na análise aprofundada de todos os dados estatísticos da National Football League, está avaliado como o quarto melhor cornerback da liga, aparecendo em oitavo lugar em passes defendidos, com 15. Como exemplo, basta mencionar que no domingo passado não permitiu nenhuma receção a Emmanuel Sanders, de longe o melhor receiver dos Broncos e um dos melhores da NFL.

"No ano passado podia ter corrido mesma forma," respondeu Butler quando lhe pediram para comentar os resultados da votação para o Pro Bowl. "Houve alguns jogadores que provavelmente sentiram que mereciam o Pro Bowl mais do que eu ou outro jogador. Eu votei por todos que estão na lista [deste ano]. Todos trabalham arduamente. Conquistas aquilo por que trabalhas. Está tudo bem, meu. É só seguir em frente."

A concluir acrescentou sentir-se feliz por Devin McCourty e Dont'a Hightower terem conseguido a nomeação, pois são jogadores que são "grandes líderes nesta defesa. Não é tudo sobre metas individuais. É uma questão colectiva. [Vou] Continuar a trabalhar. Há muito mais para vir."

Ao fim e ao cabo, todos os jogadores dos Patriots querem mesmo é que ninguém da sua equipa possa jogar no Pro Bowl, pois os finalistas, ou seja os participantes no Super Bowl, não poderão marcar presença jã que o jogo ocorre precisamente durante a semana de preparação para o jogo do título na NFL e o New England Patriots vai fazer todos os possíveis para estar presente na finalíssima.

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Advertising