Official website of the New England Patriots

replay
Patriots Replay Fri Aug 07 - 12:00 AM | Sun Aug 09 - 11:58 PM

Rescaldo do Primeiro Dia

a3a3c095ff134504886e667f8c3fbc14.jpg

Na quarta-feira, o treinador Bill Belichick deixou bem claro que Tom Brady vai ser o titular quando acabar a suspensão de quatro jogos, afirmando que "o Tom vai voltar a ser titular a quarterback quando regressar, mas no entretanto temos que dar prioridade à primeira parte da nossa programação e isso implica que o Jimmy (Garappolo) esteja preparado para jogar. É basicamente onde estamos hoje. Vai ser um processo em que levamos um dia de cada vez."

Apesar das palavras do treinador, após o final do primeiro treino Jimmy Garappolo foi o centro das atenções de adeptos e jornalistas.    

"Estou entusiasmado. Estou entusiasmado com a Primeira Jornada," revelou Garoppolo após o final do treino. "É por isso que jogamos. Nós jogamos para chegar lá e ter a nossa oportunidade, e quando ela chega, temos de estar preparados para isso."  

Mesmo sabendo que esta poderá ser a grande oportunidade da sua vida, Garoppolo confessou que não vai alterar a formar como está a preparar a nova temporada.

"Na realidade nada mudou. Quando eles me colocarem para os ensaios que me cabem, vou fazer o meu melhor e fazer o que os treinadores pedirem. Mas a minha mentalidade é basicamente a mesma. No primeiro ano, eu tinha a mesma mentalidade... tenho vindo a preparar-me para ser o titular desde o primeiro dia em que aqui entrei. Todos os competidores têm essa mentalidade.   

"Eu estou apenas a tentar ir lá e acertar o meu jogo, tentando preparar o ataque da melhor forma possível. Temos um longo caminho a percorrer. O estágio (training camp) é doloroso, mas temos que passar por isso. O training camp é um processo longo. Por isso ainda falta muito tempo para a Primeira Jornada. Nós temos quatro jogos de pré-temporada até chegarmos lá, vamos dar um passo de cada vez."

As jogadas ensaiadas foram divididas em números semelhantes entre Brady e Garoppolo, mas o caloiro Jacoby Brissett também esteve muito ativo.

Inicialmente, no período de lances de 7-contra-7, Tom Brady trabalhou com os titulares, defrontando a defesa titular. Depois cedeu o lugar a Jimmy Garoppolo, que trabalhou com a segunda linha, com Jacoby Brissett a lidar com as terceiras opções.

No segundo período, Brady teve consigo uma mistura de titulares e reservas, o mesmo sucedendo com Garoppolo. Mas, a partir daí, Garoppolo tomou conta do treino, trabalhando com os titulares na offensive line frente à defesa titular durante os três períodos de 11-contra-11, enquanto Brady foi protegido pelos reservas da offensive line e treinou contra os reservas da defesa. Nos lugares de skill, os dois quarterbacks também trabalharam com uma mistura de titulares e reservas.

Resta saber como é que esta divisão vai ser feita daqui a duas semanas quando os Patriots receberem o New Orleans Saints no primeiro jogo da pré-temporada.

"Não me posso preocupar com isso," disse Garappolo. "A decisão não me cabe a mim. Seja como for, vou fazer o meu melhor. É uma grande oportunidade... Não tens muitas oportunidades nesta liga, talvez só tenhas uma, então tens que fazer o melhor possível."

Uma das oportunidades que teve neste treino foi a possibilidade de trabalhar diretamente com os talentosos tight ends Rob Gronkowski e Martellus Bennett.

"É fantástico [trabalhar com eles]," confessou Garappolo. "Facilita imenso o meu trabalho, não haja a mais pequena dúvida. Há ali muita rapaziada muito corpulenta. Hoje, o Martellus teve uma receção muito boa; o Gronk teve duas muito boas, por isso quando temos jogadores assim, lançar a bola torna-se muito mais fácil.

"Ainda não estamos a usar as proteções (pads), por isso ainda não estamos em movimento total, mas as coisas estão a correr muito bem." 

Collins não esteve no treino

67bd90c1c4984cab991b6180908a5b4f.jpg

O linebacker Jamie Collins foi a ausência mais notada neste primeiro dia, situação que causou alguma estranheza, pois o seu nome não consta de nenhuma das listas, quer a dos jogadores que não estão fisicamente aptos ou daqueles que sofram de lesões não relacionadas com o football (physically unable to perform, non-football injury).

Como Collins está no último ano do seu contrato, especulou-se que a sua ausência talvez estivesse relacionada com essa situação, com uma possível tentativa da sua parte de procurar a renovação, mas pouco depois da conclusão do treino a 'CSNNE.com' indicou que o clube estava informado da ausência de Collins e que esta nada tinha a ver com a situação contratual.

Estágio entusiasma Gronkowski

e48d07ba213441d08f2b61f2a7ab2dff.jpg

O número elevado de passes que não foram apanhados foi um dos temas do dia, e ninguém esteve imune pois até Rob Gronkowski, normalmente um dos mais seguros neste aspeto, falhou uma receção que teria resultado em touchdown.

"Aqueles segundos são realmente frustrantes," disse Gronkowski ao referir-se ao passe que lhe passou por entre as mãos, "mas você quer esquecer e seguir para a próxima jogada. Mas definitivamente tenho que limitar [os erros]. Espero que só tenha acontecido hoje e não aconteça nos jogos. Deixá-los acontecer agora, é isso o que estou fazendo.

"Obviamente [temos] imenso em que trabalhar, muito para melhorar. O football é assim. Nem tudo é sempre perfeito."

É por isso que este estágio é importante. Gronkowski até foi dos que esteve em melhor nível e pareceu estar já em boa forma física, mas mesmo assim insistiu que ainda terá de melhorar.

"Senti-me bem hoje. Tive que trabalhar duro durante todo o verão. É sempre difícil recuperar a forma no football. Não vou mentir e dizer que estou na melhor forma, nem pensar. Eu ainda tenho um longo caminho a percorrer. Não considero que ninguém possa estar na melhor forma para jogar football quando cá chega, e é por isso que este é um processo longo.

"É fixe ver todos na mesma página, trabalhando juntos, vendo o que tu precisas de melhorar, entrando em campo e assistindo [ao filme dos treinos] e depois regressando amanhã e melhorando."

Sente-se confortável com Garappolo

20160728_garoppolo_media_cf1.jpg

"Não, não há diferença nenhuma. Não há diferença nenhuma," respondeu Gronkowski quando lhe perguntaram quais as diferenças no trabalho com os diferentes quarterbacks. "É o training camp, não vai ser nada diferente. Treinamos jogadas com todos os quarterbacks - Jacoby [Brissett], Tom [Brady], Jimmy [Garoppolo] - seja quem for, todos os anos durante o camp. Não se trata de estar aqui sentado e estar com os mesmos jogadores em todas as jogadas. Há rotatividade com os quarterbacks e é isso que penso que vai acontecer o tempo todo. Quem for, é. Está tudo na decisão do treinador. O que eu tenho que fazer é ter a certeza que estou preparado e desmarcado, seja quem for o quarterback." 

Falando especificamente de Garappolo, expressou a sua confiança no colega de equipa, pois "estamos super-confiantes em quem quer que seja que esteja lá, e os treinos são para isso, para que todos possam estar na mesma página. É ótimo chegar ao primeiro dia, 'molhar um pouco os nossos pés', fazer repetições com todos, com os três quarterbacks. Até agora, está tudo a correr bem, mas [há] muito a melhorar, com certeza. Definitivamente eu posso melhorar o meu jogo. Não segurei um ou dois passes, por isso tenho que ter a certeza de que limito esse aspeto e que não torna a acontecer."

Observações

Compra: Aaron Dobson - Continuando onde tinha acabado na primavera, o veterano receiver começou de forma excelente o training camp com várias boas receções nos períodos de 7-contra-7 e nas sessões com a equipa completa na red zone.

Venda:Dion Lewis - De todos os jogadores nas várias listas relacionadas com lesões, Lewis foi o único que não esteve em campo neste primeiro dia de estágio, o que causou alguma surpresa pois o running back, que tem vindo a recuperar da operação ao ligamento cruzado do joelho esquerdo, participou nos treinos realizados na primavera.

Jogada do Dia:Durantes os treinos na red zone, com as equipas completas, o QB Tom Brady pensou que o tight end Rob Gronkowski estava desmarcado no canto direito da end zone. Mas, o safety Jordan Richards, na sua segunda temporada, recuperou a tempo e conseguiu elevar-se bem e desviar o passe no momento em que Gronkowski se preparava para segurar a bola, evitando assim aquilo que parecia ser um touchdown garantido.

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Advertising