Official website of the New England Patriots

Trey Flowers: "Ensaiamos isso todos os dias antes dos treinos por isso foi só levar a técnica para dentro do campo."

Estava a registar excelente exibição no seu primeiro jogo como profissional, no ano passado, mas na sequência do primeiro lance digno de registo, um sack, sofreu uma lesão que o colocou na Injured Reserve, pelo que também ele passou o resto do ano na bancada. No regresso, frente aos Saints, esteve em grande destaque, conseguindo um touchdown num excelente trabalho individual.

Flowers teve um strip-sack sobre Luke McCown no início do quarto período, segurou o ressalto e depois correu 17 jardas até à linha final, tendo revelado que "foi no liceu" que havia conseguido o último touchdown da sua carreira. 

ap_trey_flowers.jpg

"Senti-me bem," disse Flowers. "Eu dou toda a glória a Deus. Que Ele permita que jogue este desporto e possa estar todos os dias a trabalhar nos aspetos técnicos e a melhorar a minha arte."

Em relação ao contato que provocou o fumble, Flowers esclareceu que desde jovem sempre adorou "o contato, por isso quando as luzes se acenderam e estávamos em jogo, senti-me muito bem."

A jogada foi bem demonstrativa do rigor do trabalho desenvolvido durante os treinos, com Flowers a confirmar que "ensaiamos isso todos os dias antes dos treinos por isso foi só levar a técnica para dentro do campo."

Para o jovem defensive end o sucesso deve-se ao trabalho feito durante os treinos. Para ele, que "tem muito orgulho" no seu trabalho e nos aspetos técnicos que trabalha, agora o importante é "estar em campo e demonstrar (o seu valor), permitir que a atividade venha, senti-me bem."

Flowers tem trabalhado imenso neste estágio (training camp) e os resultados viram-se neste jogo de preparação. Bill Belichick está atento. 

"O Trey fez uma boa Primavera e um bom estágio até agora," disse Belichick. "Não o vimos muito no ano passado. Teve que lidar com uma lesão e realmente não conseguiu ser tão eficaz como queria, por isso acabou por fazer uma operação cedo e chegou à Primavera mais cedo que os outros que esperaram até ao fim da época."
Como fez a operação mais cedo, conseguiu participar em pleno no programa do defeso e nas sessões da Primavera, pelo que ter sido colocado na* Injured Reserve* naquela altura acabou por ser benéfico.

"Teve um ano completo de treinos e um ano completo de montagem e preparação para (a nova) temporada," explicou Bellichick. "Participou em fases do kicking game. Obviamente ele também tem muitas coisas em que (precisa de) trabalhar. Mas, tem aparecido praticamente todos os dias, de uma forma ou de outra, em jogadas positivas. É um rapaz que trabalha muito e por isso esperamos que continue a melhorar."

O melhoramento registado neste estágio assume maior importância devido à ausência de Rob Ninkovich, lesionado nos tríceps. 

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Advertising