Official website of the New England Patriots

replay
Patriots Replay Tue May 26 | 02:00 PM - 11:59 PM

Observações do primeiro treino em conjunto com os Saints

Ora, se os treinos envolvendo apenas jogadores dos Patriots têm levado milhares de fãs até Foxboro, este primeiro com os Saints atraiu ainda mais atenção pois todos querem ver como é que a equipa está a evoluir e quais os jogadores que vão dar passos em frente na luta pela conquista de um dos 53 lugares no plantel.

ap_malcolm_butler_2.jpg

Um dos duelos mais interessantes envolveu o cornerback Malcolm Butler e o receiver Brandin Cooks dos Saints, que assim renovaram as batalhas épicas travadas o ano passado nos exercícios de 1-contra-1. Desta feita Butler fez uma cobertura muito mais apertada do que no ano passado e chegou mesmo a desviar no último momento um passe que parecia destinado a resultar em touchdown, mas em termos gerais o atacante dos Saints pareceu ter ganho mais duelos do que aqueles que perdeu.

"É pá, hoje deram-me muito trabalho,", admitiu Butler, embora com um sorriso nos lábios, "mas o objetivo é esse, vir cá e competir uns contra os outros, todos os dias, lutar contra os melhores, sejam eles quem forem. Temos mais um treino em conjunto para podermos melhorar." 

Curiosamente, o treinador Bill Belichick havia elogiado Butler durante a conferência de imprensa matinal.

"O Malcolm trabalha imenso," disse Belichick. "Ele tem melhorado todos os anos. Sem dúvida que está mais adiantado do que no ano passado, altura em que estava mais adiantado do que no ano em que foi caloiro (rookie). É um jovem que trabalha imenso e que tem demonstrado um progresso gradual, pois compete imenso em campo porque quer melhorar."

Devido a este melhoramento a equipa técnica tem aumentado as funções de Butler devido "à sua compreensão e capacidade técnica numa variedade de coisas que ele consegue fazer com eficácia, o que tem permitido que continue a expandir (os seus conhecimentos) e a crescer (como jogador). Tem feito um bom trabalho para nós e continue a melhorar."

O trabalho dos quarterbacks

Para os fãs o rendimento dos quarterbacks continua a despertar grande interesse, mas este treino não trouxe motivos para grande otimismo, de tal forma que foi notório o descontentamento de Josh McDaniels, coordenador do ataque que se dirigiu de forma acalorado aos seus jogadores após o final do treino.

Tom Brady completou 11 dos seus 19 passes, mas os seus receivers deixaram fugir dois por entre as suas mãos (drops). Também sofreu uma interceção, num lance estranho, pois estava a ensaiar um screen, mas o defensive tackle Sheldon Rankins antecipou o lance e conseguiu chegar primeiro à bola.

A percentagem de Jimmy Garoppolo foi ainda menos eficaz, completando apenas 10 de 22 passes, mas há a atenuante de ter sido sabotado por seis drops. Também ele foi vitimado por uma interceção, que ocorreu quando tentou colocar em Aaron Dobson, mas a bola seguiu demasiado para o interior, permitindo que Da'Vante Harris se antecipasse e roubasse a bola. 

Durante a fase de 11-contra-11, Garoppolo brilhou quando, depois do colapso do bolso de proteção (closed pocket), ignorou a pressão, deu um passe em frente e lançou de forma perfeita para Chris Harper fazer o touchdown.

Brady trabalhou com o titulares, Garappolo com os de segunda linha, e ambos enfrentaram os titulares de New Orleans. E decerto não saíram muito satisfeitos porque os seus* receivers* tiveram oito drops.

Os destaques do dia

De acordo com a nossa equipa de redação, os destaques deste treino dividiram-se da seguinte forma:

ap_tyler_gaffney_2.jpg

Tyler Gaffney esteve em subida. Com Dion Lewis ainda na PUP, o número de oportunidades para este running back tem aumentado e Gaffney tem tirado proveito, misturando força, rapidez e capacidade para receber a bola.

Já Donald Brown tem seguido em direção diferente. Um veterano free agent, que tem tido bons momentos, falhou alguns treinos devido a lesão e o tempo para si começa a ser escasso.

A jogada do dia ocorreu com a defesa dos Patriots em campo. O quarterback Drew Brees entregou ao running back Tim Hightower e este tentou arrancar pelo meio da linha defensiva, mas encontrou pela frente o linebacker Dont'a Hightower, que conseguiu retirar-lhe a bola das mãos. O Cornerback Duron Harmon estava no sítio certo e recuperou o fumble.

Sean Peyton analisa o treino

No final do treino, Sean Peyton, treinador de New Orleans, considerou que "ambas as equipas fizeram um bom trabalho em termos de competição. "Esta é a nossa quarta vez com a Nova Inglaterra. Os (treinos) anteriores correram bem. Isto dá-nos muitas filmagens para podermos analisar. Muitos jogadores vão ter mais repetições (no treino em conjunto) do que no jogo de pré-temporada (na quinta-feira à noite).

"Isso ajuda a concentração de todos, ajuda a medir onde estão em algumas áreas. Penso que ajuda imenso. A natureza competitiva do jogo agarra todos. É por isso que desfrutam."

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Latest News

Advertising