Official website of the New England Patriots

replay
Patriots Replay Tue May 26 | 02:00 PM - 11:59 PM

Os últimos sete minutos do jogo impressionaram Bill Belichick

"Fiquei satisfeito com a forma como a nossa equipa competiu, não começou bem, mas aguentámos, batalhámos até ao fim, e completámos as jogadas de que precisávamos na ponta final," disse Bill Belichick na conferência de imprensa pós-jogo.

E na realidade a equipa não começou bem pois chegou ao final do primeiro período a perder por 10-0, com o ataque a mostrar uma inépcia que ainda não se tinha visto desde o regresso de Tom Brady.

A primeira recuperação ocorreu no segundo período, pois as duas equipas foram para o intervalo empatadas, 10-10. Mas, a recuperação entrou num impasse e o certo é que a meio do período final os Patriots estavam novamente em desvantagem, 13-17.

"Penso que nos últimos sete minutos do jogo fizemos muitas coisas boas, jogámos o nosso melhor football quando era mais preciso, isso é sempre importante," acrescentou Bill Belichick. "[Foi]  football bem jogado em termos situacionais, bom football, sólido, na segunda parte do quarto período. É bom ganhar jogos da [nossa] divisão fora de casa."

OS SETE MINUTOS QUE VIRARAM O JOGO

A segunda parte desse período final foi realmente a melhor fase do jogo para os Patriots. A 7:06 do fim, um field goal de Stephen Gostkowski reduziu para 16-17.

Depois, a defesa deu um passo em frente e impediu os Jets de avançaram no terreno. Cerca de dois minutos depois, com 5:04 por jogar, a turma da casa foi obrigada a devolver a bola aos Patriots.

Uma falta fez recuar a bola até a linha de 17 jardas, ou seja os Patriots precisavam de avançar 83 jardas para poderem ganhar uma margem mais confortável, pois o field goal deixaria os Jets em boa posição para poderem chegar à vitória na série derradeira.

54609a272d56412191a17142dcf6376d.jpg

"Eu já joguei contra eles o número suficiente de vezes," respondeu o quarterback dos Jets, Ryan Fitzpatrick quando lhe perguntaram se estava confiante que a sua defesa seria capaz de travar esta derradeira descida dos Patriots. "Mas o número 12 [Tom Brady] no lado deles, e isto não tem nada a ver com a falta de confiança na nossa defesa, mas ele é quem é. Tinha toda a confiança na nossa defesa, mas já o vi [Brady] muitas vezes [levar a equipa à vitória], quando estava a jogar contra ele ou como espectador."

Sob o comando de Tom Bradyo ataque dos Patriots foi avançando. O primeiro passe para Julian Edelman cobriu 24 jardas, depois foram 16 para Dion Lewis. Seguiram-se dois passes que falharam o alvo e seis jardas para Edelman.

Faltavam 3:30 para o fim do jogo, os Patriots tinham uma quarta descida e quatro, a bola estava na linha de 37 jardas, demasiado longe para Stephen Gostkowski, que, por sinal, falhara a sua primeira tentativa, de 39 jardas.

Bill Belichick arriscou.

O RISCO QUE DEU RESULTADO

Em vez do* punt *a devolver a bola aos Jets, a turma de Foxboro tentou avançar, Tom Brady lançou para James White e o passe cobriu as quatro jardas que faltavam para a primeira descida.

e4062c39daf64c9d8f88c4a7d478dfa8.jpg

"Ele [James White] fez uma grande jogada, porque a bola foi lançada para uma zona curta [que não chegava para conseguir a primeira descida], e se não completássemos aquela jogada seria difícil ganhar o jogo," disse Tom Brady. "Foi uma jogada vitoriosa, o James completou uma jogada à campeão, por isso fez o suficiente para evitar o tackle e conseguir a primeira descida. Foi uma grande jogada, houve muitas grandes jogadas que precisámos de completar nos últimos sete minutos de jogo, não foi a nossa melhor exibição, mas às vezes é o que acontece nestes jogos".

"Eles completaram mais uma jogada do que nós. [A nossa defesa] deveria ter conseguido sair do campo na quarta descida, eles completaram a jogada e depois completaram outra jogada. Temos que encontrar maneira de sermos nós a completar essas jogadas," lamentou Todd Bowles, treinador dos Jets.

O passe seguinte, para Chris Hogan, avançou mais 25 jardas.

"Eu sabia que eles estavam a fazer cobertura homem-a-homem, por isso tinha que fazer uma boa rota e segurar a bola, porque o *safety *ia fazer a dobra, " explicou Hogan. "

A última jogada foi o passe para Malcolm Mitchell, um touchdown que colocou os Patriots em vantagem, 22-17. 

"Nós sabíamos que tínhamos que completar jogadas," disse Dion Lewis. "Tinha que acontecer. Era uma situação onde precisávamos de marcar e foi isso que fizemos. Todos contribuiram, todos criaram espaços e todos foram avançando." 

Os Jets iniciaram a sua última série na sua linha de 25 jardas. O primeiro passe, para Brandon Marshall, cobriu cinco jardas.

Na jogada seguinte, Fitzpatrick tentou eludir a pressão, mas quando se preparava para fazer o passe, Chris Long atingiu-o no braço, a bola caiu no terreno e os Patriots recuperaram o fumble, assegurando assim a vitória.         

"Nós sabíamos que provavelmente ia ser um bom jogo. Foi decidido na última série," disse Devin Mc Courty, um dos capitães da defesa. "Quando tu entras em campo, tudo depende de ti. O ataque fez o seu trabalho, ao descer e marcar. Agora dependia tudo de nós para os pararmos. O Chris [Long] fez uma grande jogada, um sack fumble — algo que temos precisado, e ele foi lá e fez a jogada."

af3cbeeccc12434eaf8e46137db58dbe.jpg

"Faltavam dois minutos, toda a equipa esteve a lutar o jogo inteiro. Tu precisas de fazer uma jogada. A cobertura estava boa. O Fitzy [Ryan Fitzpatrick] estava a fazer um bom trabalho com o timing, mas demorou um todinho de nada a mais," explicou Chris Long

AS DIFERENÇAS NA MENTALIDADE DAS DUAS EQUIPAS.

E assim, num jogo muito equilibrado, as jogadas completadas na parte final foram decisivas. Os Patriots, uma vez mais, conseguiram sair por cima.

Para Bill Belichick a exibição nos últimos minutos "diz muito sobre a nossa equipa, a sua capacidade de resistência, a sua força mental e a capacidade de se focarem e executarem debaixo de pressão. Muitos jogos nesta liga são decididos na última série, uma ou duas jogadas, luta-se durante 54, 55, 59 minutos e fica tudo decidido numa ou duas jogadas onde é essencial que sejam bem completadas, sejam bem planeadas. Surgiram imensas e penso que nós lidámos muito bem com elas. Há muitas coisas deste jogo que teremos que melhorar, mas vamos falar a esse respeito durante a semana e estar preparados para Los Angeles."  

"Jogámos arduamente neste jogo, eles completaram aquela jogada, completaram algumas jogadas, completaram mais jogadas do que nós, às vezes tem que se dar crédito à outra equipa e eu dou-lhes crédito," acrescentou Todd Bowles.

"Jogar contra os Patriots, tu sabes, não é preciso fazer uma exibição perfeita, mas não se pode cometer erros. O fumble na primeira parte, o fumble no final do jogo, algumas faltas que nos fizeram recuar no terreno. Esses são os tipos de erros que eles sabem aproveitar e nós cometemos demasiados erros hoje no ataque," lamentou Ryan Fitzpatrick.

A concluir, Bill Belichick quis ainda destacar o esforço dos seus jogadores e da equipa técnica.

"Todos eles trabalharam arduamente," salientou Bill Belichick. "Hoje tivemos contribuições das três unidades, ataque, defesa e equipas especiais, tivemos contribuições de muitos jogadores, criámos turnovers, no jogo terrestre, nos passes, defendemos, tivemos cobertura nos kicks, nos retornos, por isso tivemos muitos jogadores a dar um passo em frente e a competir, o Tom [Brady] fez um excelente trabalho, mas os outros 45 jogadores também. A equipa técnica fez um excelente trabalho, foi uma semana difícil para o Matt [Patricia], o Josh McDaniels, para ligar tudo depois do jogo da semana passada."

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Latest News

Advertising