Official website of the New England Patriots

replay
Patriots Replay Wed May 27 | 12:00 AM - 11:59 PM

Todos os confrontos que se vão ver no Super Bowl

Nestes últimos dias muito foi escrito e dito sobre planos de jogo, estatísticas, esquemas táticos, experiência de jogadores e equipas técnicas e ainda possíveis legados. Agora, já só falta o jogo e para que possa seguir mais de perto o desenrolar do Super Bowl, apresentamos-lhe as diversas unidades que vão estar em campo.

QUARTERBACK

Tom Brady (Patriots) vs. Matt Ryan Falcons

É a posição de maior prestígio neste desporto. Num dos lados está aquele que para muitos é já o melhor de todos os tempos,Tom Brady. No outro surge um quarterback que sempre teve grande potencial, Matt Ryan, e que neste jogo procura a sua afirmação e um lugar no grupo de elite.

aac7dd8026694649a5c62f1bfd75f022.jpg

As estatísticas dos dois não têm comparação. Tom Brady é o detentor de uma série de recordes do Super Bowl, designadamente: presenças (7), passes (247), passes completados (164), jardas em passes (1,605) touchdowns via passe (13), passes consecutivos completados (16, em 2011), maior número de vitórias por um quarterback (4 empatado com Joe Montana), e prémios MVP no Super Bowl (3, em 2001, 2003 e 2014, empatado com Montana)

Brady tem mais presenças prévias no Super Bowl (6) do que toda a equipa dos Falcons (5).

Tom Brady nunca perdeu frente aos Falcons, Matt Ryan nunca ganhou aos Patriots.

Com 39 anos e 186 dias de idade, Tom Brady é o segundo quarterback mais velho a jogar no Super Bowl, atrás apenas de Peyton Manning, que subiu ao topo desta lista no na o passado.

Tom Brady completou 66 por cento dos seus passes nos Super Bowls, e quando pressionado fica ainda melhor, 69,1 por cento.

Segundo os peritos, a melhor forma de derrotar os Patriots será através da pressão sobre Brady. Mas, não há ninguém melhor do queTom Brady na NFL a decifrar e derrotar o blitz. Na temporada em curso, sempre que foi pressionado desta forma, Brady completou 61 de 99 passes, totalizando 838 jardas, 11 touchdowns e zero interceções, tendo apenas sofrido dois sacks. Por conseguinte foi o melhor da NFL neste tipo de situação, com um passer rating de 125,7 e um QBR de 90,4.

Mesmo assim, há quem considere que Matt Ryan está presentemente em melhor forma pois não sofre nenhuma interceção desde 4 de Dezembro, frente a Kansas City, uma série de 212 passes. E os seus números nos play-offs são ainda mais impressionantes: sete touchdowns e zero interceções e registou pelo menos três *touchdowns *em quatro jogos consecutivos nos play-offs, a melhor série de sempre na NFL.

Além disso, os Falcons foram o ataque mais prolífero na NFL, com 540 pontos, o oitavo melhor registo da história da liga, e, claro, Tom Brady sofreu duas interceções frente a Houston.

Mas, cuidado, porque nos quatro últimos jogos o ataque dos Patriots conseguiu, 41, 35, 34 e 36 pontos, uma média de36,5 pontos por jogo.

"O Tom trabalha imenso e prepara-se bem. Ele sempre foi assim," disse Bill Belichick na quinta-feira. "Ele é muito diligente na sua preparação. Não tem altos e baixos. É consistente todas as semanas a tomar conhecimento da defesa [adversária], dos seus esquemas e dos seus jogadores…é muito inteligente e tem bastante experiência. No nosso sistema, ele tem muita experiência a jogar contra coordenadores defensivos, jogadores diferentes e situações diferentes."

RUNNING BACK 

LeGarrette Blount, Dion Lewise James White (Patriots) vs. Devonta Freeman, Tevin Coleman e Terron Ward (Falcons).

A maioria dos observadores considera que o grupo dos Falcons é superior e aponta para o facto de Freeman e Coleman terem conseguido 1.599 jardas no jogo corrido, com 19 touchdowns. Ao todo este duo foi responsável por 2.482 jardas e 24 touchdowns porque estiveram igualmente ativos no jogo aéreo, com 85 receções e 883 jardas.

Mas, se a linha defensiva dos Patriots continuar a jogar como tem feito, pois há 25 jogos que não permite mais de 90 jardas a nenhum running back, a situação complica-se para Atlanta, que perdeu os três jogos, frente a Tampa Bay, Seattle e Philadelphia Eagles, onde não conseguiu mais do que 65 jardas no jogo corrido. Estas três equipas ficaram nas posições 24, 2 e 13, respetivamente, na escala DVOA, enquanto a defesa dos Patriots foi a quarta. Além disso, o center de Atlanta, Alex Mack, tem falahdo alguns treinos devido a lesão.

roster_gallery_lewis_ap.jpg

Por outro lado, Bill O'Brien, treinador dos Texans, comentou, depois de ter sido eliminado pelos Patriots, que um dos grandes problemas que complicara a vida à sua defesa tinha sido a diversidade do trio dos Patriots, pois Dion Lewis e James White são muito bons no jogo aéreo.

E a defesa dos Falcons é a mais permeável da NFL nesse capítulo, permitindo 53,5 por jardas em passes aos running backs adversários. O problema não surgiu nos play-offs porque C.J. Prosise, que fez uma exibição memorável frente aos Patriots, falhou o jogo de Seattle com Atlanta devido a lesão, e Ty Montgomery lesionou-se durante o encontrou e só participou em 19 jogadas por Green Bay.

WIDE RECEIVER

Julian Edelman, Chris Hogan, Malcolm Mitchelle Danny Amendola (Patriots) vs. Julio Jones, Mohamed Sanu e Taylor Gabriel (Atlanta)

Este é mais um grupo onde a maioria dos observadores considera que Atlanta está em vantagem, principalmente devido a Julio Jones, que nos dois jogos dos play-offs acumulou 247 jardas e três touchdowns. Nos últimos três anos acumulou 4.873 jardas, o melhor total na NFL durante esse período.

Nos cinco jogos que disputou nos play-offs, Jones tem uma média de 110 jardas em receções, a média mais elevada jamais registada na liga. E mesmo que a defesa dos Patriots, conforme é seu timbre, consiga fazer uma marcação apertada a Jones, o ataque de Atlanta poderá não sofrer com isso, pois nos oito jogos em que Jones esteve abaixo das 100 jardas, Atlanta só sofreu uma derrota. E nos cinco jogos em que as suas receções ficaram a menos de 60 jardas, Atlanta registou cinco vitórias.

A complicar ainda mais a situação está o facto de os receivers de Matt Ryan terem liderado a NFL em jardas depois da receção, 6,2, se bem que a defesa dos Patriots tenha sido a melhor nesse aspeto, consentindo apenas 4,1 jardas, igualmente a melhor marca da liga.

A defesa dos Patriots só permitiu 16 passes que ultrapassaram avanços de 30 jardas, quinto melhor registo na NFL em 2016.

E os Patriots até se costumam dar bem com o principal receiver dos adversários. Esta temporada, o principal receiver das outras equipas conseguiu, em média, apenas 5,6 receções e 68,6 jardas por jogo.

E a percentagem de passes completados pelos adversários foi de apenas 56,3 por cento, a mais baixa na liga.

butler.jpg

Calcula-de que Malcolm Butler terá a responsabilidade de fazer a marcação a Jones. E Butler fez uma excelente temporada, pois consentiu apenas um* passer rating* de 78,2 nos 90 passes que surgiram na sua direção. Conseguiu desviar 12, quarto melhor registo na liga.

"Ele [Malcolm Butler] tem continuado a melhorar," disse Duron Harmon. "Não se deixa afetar por nenhuma jogada. Quando as pessoas falam sobre Malcolm Butler, a primeira coisa que se lembram é da interceção [no Super Bowl frente a Seattle], mas depois disso vão dizer que ele tem melhorado constantemente…o céu é o limite para ele, e eu estou entusiasmado por ver como ele continua a crescer como jogador."

A secundária dos Patriots tem estado em excelente forma nos dois últimos meses, com Malcolm Butler, Logan Ryan e Devin McCourty na melhor fase das suas carreiras, e Patrick Chung tem sido uma surpresa agradável.

Convém também não esquecer que este é um grupo bastante flexível, com jogadores que podem desempenhar mais do que um lugar. Assim, não seria de estranhar que fosse Ryan a fazer a marcação a Sanu e Eric Rowe ou Chung fiquem com Gabriel. E até mesmo poderá ser Ryan ou Rowe na marcação a Jones, com o apoio de Devin McCourty ou Duron Harmon, transitando Butler para Sanu.

É o tal jogo de xadrez tático.

Do outro lado está um grupo bastante inexperiente. Embora os Falcons sejam das equipas com maior média de idades, 27,5 nos, a defesa têm muitos jogadores inexperientes. Ao todo são quatro os* rookies* -- o strong safety Keanu Neal, os linebackers Deion Jones e De'Vondre Campbell e o nickelback Brian Poole –que vão tentar manter em cheque o ataque liderado por Tom Brady.

Para eles, o problema é que Tom Brady ganhou os sete jogos em que defrontou uma defesa com pelo menos dois rookies a titulares.

Chris Hogan igualou o registo de Jones no último jogo, ao conseguir 180 jardas, um novo recorde dos Patruots, e dois* touchdowns. EJulian Edelman foi um excelente complemento, com 118 jardas e um touchdown. Malcolm Mitchell esteve um pouco apagado porque ainda não estava totalmente recuperado da lesão, e* anny Amendola *costuma sobressair nos jogos importantes.

Edelman tem 84 receções nos play-offs, sétimo melhor registo na NFL. Normalmente é alvo de Tom Brady no mínimo 10 vez por jogo e se conseguir nove receções sobe ao segundo posto nesta lista.

Durante a temporada acumulou 98 receções, totalizando 1.106 jardas e três* touchdowns.*

TIGHT END

Martellus Bennett e Matt Lengel (Patriots) vs. Austin Hooper e Levine Toilolo (Falcons)

Esperava-se que Martellus Bennett conseguisse preencher parte do vazio deixado com a lesão de Rob Gonkowski, mas uma série de lesões tem impedido que o tenha conseguido. Resta saber se esta paragem de duas semanas deu para recuperar parte do seu arranque, algo que tem estado ausente.

LINHA OFENSIVA

Tackle esquerdo Nate Solder, guard esquerdo Joe Thuney, center David Andrews, guard direito Shaq Mason e tackle direito Marcus Cannon (Patriots) vs. LT Jake Matthews, LG Andy Levitre, C Alex Mack, RG Chris Chester, RT Ryan Schraeder (Falcons).

Principalmente graças ao regresso do coordenador Dante Scarnecchia e ausência de lesões esta unidade tem conhecido uma temporada muito positiva.

71093702c6324b269e06e74912e067c6.jpg

Depois das dificuldades frente a Houston, num jogo em que Tom Brady muitas vezes teve que fazer pela vida, seguiu-se o regresso à normalidade contra Pittsburgh.

Uma das surpresas agradáveis tem sidoMarcus Cannon, que ocupou o lugar devido à lesão que afastou Sebastian Vollmer. Sob o comando técnico de Dante Scarnecchia, Cannon passou de problema a solução.

E neste jogoMarcus Cannon vai ser posto à prova por Vic Beasley, que conseguiu 15,5 sacks esta temporada. Mas, Beasley não joga sempre pois tem sentido dificuldades no jogo corrido, daí que com três receivers *em campo, normalmente situação de passe, participe em 74,6 por cento das jogadas defensivas. Mas quando só há dois *receivers, normalmente situação de jogo corrido, Beasley só está em campo em 19,7 por cento das jogadas.

A continuidade nesta unidade é igualmente extensiva aos Falcons, pois os mesmos cinco jogadores foram titulares nos 18 jogos disputados até ao momento.

LINHA DEFENSIVA

Defensive ends Trey Flowers, Jabaal Sheard, Chris Longe Rob Ninkovich, tackle *defensivos Alan Branch, Malcom Brown e* incent Valentine** (Patriots) vs. DE Brooks Reed, DT J. Babineaux, DT Grady Jarrett, DE Tyson Jackson (Falcons)

A defesa dos Patriots é uma das melhores da liga contra o jogo corrido, pois Alan Branch, apesar dos 32 anos de idade, está a fazer uma excelente temporada e tem sido uma pedras basilares desta unidade, e Trey Flowers, apenas na sua segunda temporada, também estado em destaque ao registar sete sacks.         

A defesa de New England já não permite que um running back adversário supere as 90 jardas há 25 jogos, e depois de um começo pouco inspirado criou 14 turnovers nos últimos sete jogos.

Na frente, Bill Belichick tem optado por um sistema rotativo que tem permitido que esta unidade consiga terminar os jogos com alguma frescura física, pelo que jogadores como Vincent Valentine, Jabaal Sheard e Chris Long têm conseguido surgir em momentos importantes dos jogos.

LINEBACKER

Dont'a Hightower, Shea McClellin, Kyle Van Noy, Elandon Roberts (Patriots) vs. Vic Beasley, Deion Jones, De'Vondre Campbell (Falcons).

Os* linebackers* dos Patriots têm vindo a subir de rendimento desde o jogo, a meio da temporada, em San Francisco, e têm contribuído com vários* turnovers*.

DEFENSIVE BACK

Safeties Devin McCourty, Patrick Chung, corner backs Malcolm Butler, Logan Ryan e Eric Rowe (Patriots) vs. safeties Ricardo Allen e Keanu Neal,* cornerbacks *Robert Alford, Jalen Collins e C.J. Goodwin.

Parte da análise a este grupo já foi feita quando falámos sobre o ataque das duas equipas.

EQUIPAS ESPECIAIS

Kicker Stephen Gostkowski, punter Ryan Allen, returnersDion Lewis, Julian Edelman, Danny Amendola (Patriots) vs. kicker Matt Bryant,* punter* Matt Bosher, returners Eric Weems e Justin Hardy (Falcons).

b7d21aa9a0b74a3590c31927c7937a8c.jpg

Muitas vezes, os jogos que se calcula sejam equilibrados acabam por ser decididos em lances que envolvem as equipas especiais. E não apenas devido a field goals, mas também em retornos, que decidem a posição das equipas no terreno, e ainda na criação de fumbles.  

Bill Belichick ressalva com frequência a importância de ter segurança com a bola. Um bom exemplo do que pode acontecer quando essa segurança não existe foi o jogo frente ao Ravens, quando em retornos consecutivos, primeiro Cyrus Jones, e depois Matthew Slater, não conseguiram segurar a bola. Os fumbles permitiram que os Ravens registassem 14 pontos no espaço de 85 segundos, mudando o resultado de 23-3 para 23-17.

Curiosamente, Dion Lewis também teve o seu momento de glória num retorno frente a Houston, quando correu 98 jardas para conseguir o touchdown, mas pouco depois o seu fumble deu nova vida na altura à turma visitante.

Stephen Gostkowski, depois de um mau início, onde converteu 11 de 14* field goals* e 24 de 26 pontos extra, melhorou e a partir da nona jornada converteu 21 de 23 field goals e 29 de 31 pontos extra.

Matt Bryant é um does melhores da liga, concretizou 34 de 37 tentativas em* field goals* e só falhou um dos 57 pontos extra.

Os Patriots foram excelentes a defender kickoffs, segunda melhor unidade na NFL, e punts, onde ocuparam o terceiro posto.

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Advertising