Official website of the New England Patriots

Martellus Bennett preparado para possível ausência de Rob Gronkowski

Ainda não é oficial, mas por norma no New England Patriots quem não treina durante toda a semana, não joga no domingo. Por isso, tudo indica que Rob Gronkowski, ainda a recuperar dos efeitos da violenta entrada de Kam Chancellor no domingo passado, não vai jogar contra São Francisco.

Mas, a nível oficial nada está ainda confirmado. Na conferência de imprensa de sexta-feira de manhã, Tom Brady reagiu como se nada de anormal se tivesse passado.

f07e284773fb4625aa89fc27b50694d5.jpg

"Ele não vai jogar?," respondeu Brady quando lhe perguntaram se estava preocupado com a possível ausência de Rob Gronkowski.  

E quando o jornalista lhe disse que era possível que Gronkowski não jogasse, Brady acrescentou: "talvez tu saibas algo que eu não sei. Não sei, vamos esperar para ver."
Quando o jornalista insistiu e pediu para comentar os efeitos da possível ausência do tight end, Tom Brady manteve a mesma linha de pensamento.

"Eu não sei se o vamos ter connosco ou não, como tal não quero especular sobre algo que realmente ainda não sei, por isso vamos ver," respondeu Brady.

Os comunicados diários dos Patriots a divulgar a lista dos jogadores ausentes dos treinos e os motivos para a sua ausência têm indicado unicamente que Rob Gronkowski tem falhado os treinos devido a uma "lesão no peito".

Na conferência de imprensa desta manhã, o assunto nem sequer foi colocado ao treinador Bill Belichick.

Durante a semana os jornalistas bem tentaram obter qualquer tipo de informação sobre a situação clínica do jogador, mas nada conseguiram.

"Não posso falar sobre isso", foi a resposta de Matthew Slater.

Quando perguntaram a Bill Belichick se o facto de Rob Gronkowski já ter falhado 18 jogos desde 2012 tornava mais fácil a preparação do plano de jogo, a resposta foi um simples "sim, não sei".

O certo é que a sua ausência vai ter algum impacto pois o ataque dos Patriots é o segundo na utilização de jogadas com dois tight ends. Na temporada em curso a turma da Nova Inglaterra foi quem mais jardas acumulou em receções por tight ends, um total de 1.044 jardas que resultaram em sete touchdowns.

2829d3372f1e4902ba71ba1f0b8ff2ad.jpg

Caso se confirme a ausência de Rob Gronkowski, as atenções gerais vão estar concentradas no outro tight end, Martellus Bennett.

No jogo da semana passada frente a Seattle, Bennett recebeu 7 passes em 7 para 102 jardas e tornou a estar muito bem nos bloqueios. Curiosamente, na jogada em que Chancellor atingiu Gronkowski e causou a lesão, Martellus Bennett estava completamente solto de marcação no lado oposto, mas Tom Brady não notou isso.

Portanto, frente aos 49ers,Martellus Bennett decerto vai desempenhar papel mais participativo no ataque dos Patriots, algo que para ele é perfeitamente normal.

"Para mim não faz diferença nenhuma," disse Bennett depois do treino de quarta-feira. "Tenho feito isso toda a minha carreira. Para mim, é apenas mais um jogo."

"Olha, eu fui titular na maior parte da minha carreira," acrescentou Bennett. "Ser titular num jogo de football, é só football. Não faz diferença como jogo ou quando jogo. É tudo a mesma coisa."

Depois de ter passado quatro temporadas no Dallas Cowboys como suplente de Jason Witten, Bennett mudou-se para o New York Giants em 2012, e no ano seguinte transferiu-se para o Chicago Bears onde se manteve até 16 de Março deste ano, altura em que os Patriots enviaram uma escolha de quarta ronda no draft de 2016 aos Bears para conseguir os seus serviços. Nessas últimas quatro temporadas foi o quarto tight end com mais receções, com 263, sétimo em jardas, 2.740, e sétimo em touchdowns, com 19.

Ao todo, jogou de início em 95 dos 128 jogos em que participou.

Rob Gronkowski falhou os dois primeiros jogos da temporada, nos quais Martellus Bennett teve oito receções, para 128 jardas e um touchdown.

Nos dois jogos que se seguiram, Bennett acrescentou apenas mais sete receções e 121 jardas. Mas, no primeiro jogo com Tom Brady, teve seis receções e três touchdowns.

Até ao momento, Bennett já acumulou 30 receções para 504 jardas e quatro touchdowns.

TEM A CONFIANÇA DE TOM BRADY

Para Tom Brady, Martellus Bennett tem sido "tremendo. Ele tem sido muito produtivo para nós e eu realmente gosto de jogar com ele. Estamos a falar de alguém que está nos treinos todos os dias. Quero dizer, ele tem lidado com imensas coisas ao longo do ano para poder estar em campo, e tentar melhorar e melhorar. Eu acho que isso demonstra que ele tem muita força mental, algo que é comprovado com a sua produção em campo."

De seguida, Tom Brady relembrou que estamos já na segunda parte da temporada e portanto esta será uma oportunidade para "nos separarmos das outras equipas e mostrar a todos a nossa força mental e capacidade para superar coisas diferentes, situações diferentes e mesmo assim jogar a um alto nível."

227fd90a0e7d43fdb03c8f4591a9855b.jpg

"Tem sido bom trabalhar com ele," acrescentou Bill Belichick. "Vem desde o estágio de pré-temporada. Nós conversámos sobre a mesma coisa no estágio. Ele é um jogador inteligente, tem muita habilidade, trabalha imenso."

Quem decerto vai respirar de alívio é o coordenador defensivo dos 49ers, Jim O'Neil, que no início da semana se mostrou apreensivo com a tarefa de tentar conter o duo Gronkowski-Bennett.

"É um grande desafio. Os tight ends deles são enormes," disse O'Neil,
Na realidade São Francisco tem sentido imensas dificuldades em defender jogadas envolvendo tight ends, problema que aliás é extensivo a toda a defesa, pois os 49ers foram a equipa que consentiu mais pontos (283) e jardas (3.867) na NFL.

Seja qual for o plano de jogo implementado pelas duas equipas, uma coisa é certa: Martellus Bennett está tranquilo e perfeitamente preparado para o papel que lhe estiver reservado.

"Nada fora do normal," disse Bennett.

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Advertising