Official website of the New England Patriots

replay
Replay: Patriots Postgame Show Mon Sep 20 | 12:00 AM - 08:55 AM

Primeiro jogo da pré-temporada é já quinta-feira, frente aos Saints

Esta é a quarta época em que os Patriots e os Saints treinam em conjunto durante a pré-temporada, antes do início dos jogos de preparação, com a turma de New Orleans a deslocar-se a Foxboro em 2010 e 2012, e os Patriots passaram uns dias no ano passado no centro The Greenier, em White Sulfur Springs, no estado de West Virginia, acabando por vencer o confronto, por 26-24.

Curiosamente o primeiro jogo dos Patriots sob a propriedade de Robert Kraft ocorreu precisamente contra New Orleans, num desses jogos de preparação, em 1994.

ap_chris_hogan.jpg

Na última conferência de imprensa, o treinador Bill Belichick explicou quais os parâmetros utilizados para escolher o parceiro para estas sessões conjuntas.

Começou por indicar que o mais importante é escolher "alguém com quem se pode trabalhar", e os Saints foram selecionados porque o treinador dos Patriots tem "uma excelente relação com os Saints, com o [Sean Payton] e a sua equipa técnica, a organização. As vezes em que trabalhamos com eles tem sempre dado certo, por isso se surge a oportunidade para o tornar a fazer, tiramos proveito disso. Tem sido muito bom. É excelente trabalhar com ele (Payton)."

Nos dias anteriores ao início dos trabalhos em conjunto, os dois técnicos combinaram os tipos de jogadas que pretendem ensaiar, mas o estágio é um trabalho em progresso pelo que alguns dos ensaios serão decididos à última da hora.

"Bom, ainda temos algumas coisas (jogadas) que queremos instalar," explicou Belichick. "Ainda temos algum trabalho situacional que precisamos de cobrir. Sei que vamos fazer algumas dessas coisas frente a New Orleans, por isso vai ser bom usar algo que já treinámos e utilizámos, e agora podemos ensaiar contra eles, em vez de ser a primeira vez que as utilizamos. Muitas vezes há arestas a limar. Iremos tentar tirar essas do caminho nas duas primeiras tentativas e depois tentaremos utilizá-las num ambiente competitivo."

Estes jogos de preparação assumem uma maior importância em alguns sectores, pois há jogadores de grande qualidade a competir por certos lugares que não vão conseguir uma posição no plantel.

Por exemplo, no lugar de wide receiver há nove candidatos de qualidade a apenas cinco lugares, o que levou o treinador Bill Belichick a dizer a semana passada, em declarações prestadas à Sirius XM NLF, que "a competição a receiver é das melhores que tenho visto desde que cá estou. Obviamente, não podemos manter todos, mas vai ser uma boa luta porque todos têm valor."

Julian Edelman e Danny Amendola são intocáveis, mas a partir daí a situação torna-se complicada. 

O técnico Bill Belichick conhece Chris Hogan pelo que ele fez contra a sua equipa quando representava o Buffalo Bills e considera que, aos 27 anos de idade, tem um grande futuro à sua frente, especialmente porque aparenta estar mais talhado para um ataque como o dos Patriots. Hogan é um excelente atleta, com 6'1 (1,85 m) de altura, 220 lbs (99.8 quilos) de peso e fez 4,50 segundos no sprinte de 40 jardas. No estágio tem confirmado todas as expectativas. 

ap_malcolm_mitchell.jpg

O caloiro (rookie) Malcolm Mitchell, escolhido na quarta ronda, tem feito tudo para confirmar as impressões iniciais e Keshawn Martin recebeu um bonús de $600,000.00 quando assinou, indicação de que entra nas contas de Belichick.

Aaron Dotson, Chris Harper e DeAndre Carter têm tido fases de grande destaque durante alguns treinos. O problema pata Dotson é que ele já fez isso em anos anteriores mas não tem conseguido manter o mesmo nível quando começam os jogos a valer. Carter tem sido o mais regular, e tanto ele como Harper poderão encontrar o seu espaço na practice squad

As lesões que afetaram vários destes jogadores abriram oportunidades para aqueles que estiveram disponíveis todos os dias. Amendola e Edelman foram inicialmente colocados na PUP list, Chris Hogan falhou alguns dias no início do estágio, Nate Washington esteve adoentado e essa ausência funcionou contra si nesta luta épica. 

Há ainda o rookie Devin Lucien.

Em resumo, há muita qualidade por onde escolher e estes treinos em conjunto com New Orleans poderão ajudar a esclarecer quem fica e quem sai.

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.
Advertising

Latest News

Presented by
Advertising

Trending Video

Advertising

In Case You Missed It

Presented by
Advertising